Garrincha sob a ótica do herói: uma análise de “Alegria do Povo” e “Estrela Solitária” / Garrincha From the Hero Perspective: An Analysis of Garrincha, Alegria do Povo and Estrela Solitária

José Carlos Marques, Bruno Navarini Rosa

Resumo


Resumo: O presente estudo tem por objetivo analisar as narrativas presentes no documentário Garrincha, alegria do povo (1963, direção de Joaquim Pedro de Andrade) e a biografia Estrela solitária – um brasileiro chamado garrincha (1995, Ruy Castro), estabelecendo uma comparação entre as trajetórias do futebolista Mané Garrincha retratadas nestas duas obras e a estrutura da Jornada do Herói de Joseph Campbell, um dos mais renomados estudiosos da mitologia universal. As reflexões propostas visam analisar a possibilidade de enquadramento do atleta no âmbito do mito, o que se dá pela verificação da passagem de Garrincha pelo núcleo Separação–Iniciação–Retorno do monomito, percurso padrão da aventura mitológica do herói, uma figura predestinada a superar desafios e a realizar feitos grandiosos.

Palavras-chave: Garrincha; Jornada do Herói; Ruy Castro; Joseph Campbell; Joaquim Pedro de Andrade.

Abstract: The purpose of this study is to analyze the narratives in Joaquim Pedro de Andrade’s documentary Garrincha, alegria do povo (1963) and the biography Estrela solitária – um brasileiro chamado Garrincha (1995), by Ruy Castro. We aim to draw comparisons between the career of footballer Mané Garrincha and the Hero’s Journey Monomyth, by Joseph Campbell, one of the most renowned scholars of universal mythology. The reflections aim to analyze Garrincha’s status in the context of myth, as he goes through the Separation–Initiation–Return stages from monomyth, a standard path of the mythological hero’s adventure, seen here as someone destined to overcome challenges and accomplish great things.

Keywords: Garrincha; hero’s journey; Ruy Castro; Joseph Campell; Joaquim Pedro de Andrade.


Palavras-chave


Garrincha; hero’s journey; Ruy Castro; Joseph Campell; Joaquim Pedro de Andrade; Jornada do Herói.

Texto completo:

PDF

Referências


BARTHES, Roland. Mitologias. 7. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1987.

CAMPBELL, Joseph. O herói de mil faces. São Paulo: Pensamento, 2007.

CAMPBELL, Joseph. O poder do mito. Tradução de Carlos Felipe Moisés. São Paulo: Palas Athena, 1990.

CAMPBELL, Joseph. Mito e transformação. São Paulo: Ágora, 2008.

CASTRO, Ruy. Estrela solitária: um brasileiro chamado Garrincha. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

ELIADE, Mircea. Aspectos do mito. Lisboa: Edições 70, 1989.

GARRINCHA, alegria do povo. Direção: Joaquim Pedro de Andrade. Produção: Armando Nogueira e Luiz Carlos Barreto. Rio de Janeiro: Produções Cinematográficas Herbert Richers, Produções Cinematográficas Luiz Carlos Barreto, 1963. VHS (61 min.), 35 mm.

MELO, Victor Andrade de. Garrincha x Pelé: futebol, cinema, literatura e a construção da identidade nacional. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 20, n. 4, p. 281-295, out.-dez. 2006.

O ÍDOLO Mané Garrincha. Estádio Nacional de Brasília, [s.d.]. Disponível em: http://estadionacionaldebrasilia.com/o-idolo-mane-garrincha/. Acesso em: 1 jul. 2016.

RUBIO, Katia. O atleta e o mito do herói: o imaginário esportivo contemporâneo. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2001.

VOGLER, Christopher. A jornada do escritor: estruturas míticas para escritores. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2317-2096.26.3.195-211

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 José Carlos Marques, Bruno Navarini Rosa



Aletria: Revista de Estudos de Literatura
ISSN 1679-3749 (impressa) / ISSN 2317-2096 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.