A Kuka de Kamaiorá ou O Segredo da Alma D'ouro: metaficção historiográfica, 1973-1983

Júnia de Castro Magalhães Alves

Resumo


This essay analyses Leilah Assunção's post-modern play, a Kuka de Kamaiorá, which was written in 1973 but only staged ten years later. A careful reading of the dramatic text reveals some ideological confrontation among different sociopolitical strata in Brazil.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSUNÇÃO, Leilah. O segredo da alma de ouro. São Paulo: Programa Marketing Teatral. 1983. (1a versão 'Ópera rock").

BRANDÃO, Ruth Silviano. O conto do cisne (manuscrito da autora).

BRANDÃO, Ruth Silviano. Palavras em pássaro (manuscrito da autora).

DÓRIA, Gustavo. Moderno teatro brasileiro: crônica de suas raízes. Rio de Janeiro: Serviço Nacional de Teatro, 1975.

ELLIOT, Emory. Contemporary American fiction: on inside narrative. Riverside: University of California, 1991.

GOMES, Paulo Emílio Salles. Cinema: trajetória da subdesenvolvimento. Argumento, Rio de Janeiro, n. 1, p. 64, out. 1973.

HUTCHEÓN, Linda. Poética do pós-modernismo: história, teoria, ficção. Rio de Janeiro; Imago, 1991.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2317-2096.3.0.147-154

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 1995 Júnia de Castro Magalhães Alves



Aletria: Revista de Estudos de Literatura
ISSN 1679-3749 (impressa) / ISSN 2317-2096 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.