O tempo é o espetáculo

Mariângela Andrade Paraizo

Resumo


Resumo: Neste estudo se propõe uma leitura de Vestido de noiva, de Nelson Rodrigues, em que se pretende mostrar que a maior originalidade dessa peça consiste em dar ao tempo um tratamento que revoluciona sua representação.

Palavras-chave: Nelson Rodrigues; tempo; representação.

Abstract: In this study, the reading of Vestido de noiva, by Nelson Rodrigues, is in our pursuit, when we intend to show that the genuinely of this play consists in giving time a treatment which revolutionizes its representation.

Keywords: Nelson Rodrigues; time; representation.


Palavras-chave


Nelson Rodrigues; tempo; representação;time; representation.

Texto completo:

PDF

Referências


BAKHTIN, Mikhail. Problemas da poética de Dostoiévski. Trad. Paulo Bezerra. Rio de Janeiro: Forense-universitária, 1981.

BORGES, Jorge Luis. Obras completas. 18ª reimpressão. Buenos Aires: María Kodama y Emecé editores, 1989.

CASTRO, Ruy. O anjo pornográfico; a vida de Nelson Rodrigues. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

LACAN, Jacques. Escritos. Trad. Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1998.

MAGALDI, Sábato. Nelson Rodrigues: dramaturgia e encenações. 2. ed. São Paulo: Perspectiva, 1992.

OLIVEIRA, Roberta. Três vezes Nelson Rodrigues. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, Caderno B, 14 mar. 1997. p. 4.

PAZ, Octavio. El arco y la lira. 3. ed. México: Fondo de Cultura Economica, 1992.

RODRIGUES, Nelson. Três peças: Álbum de família, A falecida e Vestido de noiva. São Paulo: Círculo do Livro, s/d.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2317-2096.7.0.111-116

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2000 Mariângela Andrade Paraizo



Aletria: Revista de Estudos de Literatura
ISSN 1679-3749 (impressa) / ISSN 2317-2096 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.