Fenomenologia e subjetividade lírica em Michel Collot / Phenomenology and Lyrical Subjectivity in Michel Collot

Antônio Carlos Mousquer, Alberto Lopes de Melo

Resumo


Resumo: Este artigo objetiva explorar alguns conceitos acerca das relações entre poesia e filosofia que o teórico francês Michel Collot tem elaborado desde a década de 1980. Ele tem se dedicado ao estudo das relações entre poética e espaço na poesia moderna, baseando-se principalmente nas contribuições da fenomenologia, da qual toma de empréstimo o conceito husserliano de estrutura do horizonte, bem como na ontologia estabelecida por Merleau-Ponty. Este artigo também expõe uma leitura do poema “Um novo Jó”, de Manoel de Barros, enquanto um exemplo do modo como a poesia contemporânea por vezes se aproxima dos postulados da fenomenologia, do “voltar às coisas mesmas”.

Palavras-chave: poesia; fenomenologia; sujeito; espaço; Michel Collot.

Abstract: This article aims to explore some concepts regarding the relations between poetry and philosophy that the French theorist Michel Collot has been elaborating since the 1980s. He has been dedicated to the study of the relations between poetics and space in modern poetry, based mainly on the contributions of phenomenology, from which he borrows the husserlian concept of structures of horizon, as well as on the ontology established by Merleau-Ponty This paper also presents a reading of the poem “Um novo Jó”, by Manoel de Barros, as an example of how contemporary poetry sometimes approaches the postulates of phenomenology, the “returning to the things themselves”.

Keywords: poetry; phenomenology; subject; space; Michel Collot.


Palavras-chave


poetry; phenomenology; subject; space; Michel Collot; poesia; fenomenologia; sujeito; espaço.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Danielle Grace de. Entrevista: Michel Collot. Alea: Estudos Neolatinos, Rio de Janeiro, v. 16, n. 2, p. 454-459, jul./dez. 2014.

BARROS, Manoel de. Compêndio para uso dos pássaros. São Paulo: Leya, 2013. (Biblioteca Manoel de Barros).

BORDINI, Maria da Glória. Fenomenologia e teoria literária. São Paulo: EDUSP, 1990. (Criação & Crítica; 3).

BORNHEIM, Gerd A. Filosofia e poesia. Matraga, Rio de Janeiro, v. 1, p. 61-69, 1986.

COLLOT, Michel. L’Horizon fabuleux: XIXe siècle. Paris: Corti, 1988.

COLLOT, Michel. La Matière-émotion. Paris: PUF, 2005.

COLLOT, Michel. La Poésie moderne et la structure d’horizon. Paris: PUF, 2005.

COLLOT, Michel. Le Corps cosmos. Bruxelles: La Lettre Volée, 2008.

COLLOT, Michel. O sujeito lírico fora de si. Tradução de Alberto Pucheu. Terceira Margem, Rio de Janeiro, ano IX, n. 11, p. 165-177, 2004.

COLLOT, Michel. Paysage et poésie: du romantisme à nos jours. Paris: Corti, 1997.

COLLOT, Michel. Poesia, paisagem e sensação. Tradução de Fernanda Coutinho. Revista de Letras, Fortaleza, v. 1, n. 34, p. 17-26, jan./jun. 2015.

COLLOT, Michel. Poética e filosofia da paisagem. Tradução de Ida Alves et al. Rio de Janeiro: Oficina Raquel, 2013.

FRIEDRICH, Hugo. Estrutura da lírica moderna. São Paulo: Duas Cidades, 1978. (Problemas Atuais e Suas Fontes, 3).

HUSSERL, Edmund. Meditações cartesianas: introdução à fenomenologia. Tradução de Frank de Oliveira. São Paulo: Madras, 2001.

LIMA, Jorge de. Invenção de Orfeu. In: ______. Poesia completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1997. p. 505-802.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Fenomenologia da percepção. São Paulo: Martins Fontes, 2015.

SIMONDS, Charles. Landscape – Body – Dwellling. 11 jan. 2008. 1 vídeo (7 min), streaming. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=LVGAXqSaVLI. Acesso em: 30 jul. 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2317-2096.27.3.113-127

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Antônio Carlos Mousquer, Alberto Lopes de Melo



Aletria: Revista de Estudos de Literatura
ISSN 1679-3749 (impressa) / ISSN 2317-2096 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.