Cruz e Sousa: As Expansibilidades do Emparedado

Jair Tadeu Fonseca

Resumo


Este trabalho examina alguns aspectos da relação entre literatura e “raça” na obra de Cruz e Sousa e em sua recepção crítica. Considerando seu texto “Emparedado” uma expressão poética de identidade cultural, este artigo aproxima a obra de Cruz e Souza do pensamento político de Frantz Fanon.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2317-2096.9.0.61-67

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2002 Jair Tadeu Fonseca



Aletria: Revista de Estudos de Literatura
ISSN 1679-3749 (impressa) / ISSN 2317-2096 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.