Deslocamentos como “imperativos da sobrevivência” em O engate, de Nadine Gordimer / Displacements as “survival imperatives” in The Pickup, by Nadine Gordimer

Lilian Reichert Coelho

Resumo


Resumo: Este artigo apresenta uma leitura do romance O engate, da escritora sul-africana Nadine Gordimer, a partir da indagação sobre as (im)possibilidades de deslocamento por sujeitos diferentemente situados no mundo contemporâneo. O problema da pesquisa residiu no questionamento sobre quais relações os sujeitos estabelecem entre si e com os espaços no contexto do fenômeno denominado globalização, mais especificamente em África. Como balizas teóricas, foram acionados autores com posicionamentos epistemológicos nem sempre convergentes, mas que se debruçam sobre o cenário contemporâneo, a exemplo de Mbembe e Bauman. Metodologicamente, utilizou-se a análise crítica. Como resultados, tem-se que a ordem globalizante impõe restrições ao deslocamento de determinados sujeitos enquanto concede a outros a livre circulação, a despeito do discurso celebrativo sobre o apagamento das diferenças.
Palavras-chave: literatura contemporânea em língua inglesa; África do Sul; deslocamentos; globalização; Nadine Gordimer.

Abstract: This article presents a reading of the novel The Pickup, by the South African writer Nadine Gordimer, questioning the (im)possibilities of displacement by different kinds of people in contemporary world. The fundamental problem is centered on which relations the people set among themselves and among spaces in the context of globalization. The theoretical background draws on authors with highly divergent epistemological positions which try to understand the contemporary scene, such as Mbembe and Bauman. Critical analysis was employed in the methodology. The results revealed that the globalized order imposes restrictions to certain peoples displacements while grants others the freedom to circulate, despite the much celebrated discourse on the end of differences.
Keywords: contemporary literature in English; South Africa; displacements; globalization; Nadine Gordimer.


Palavras-chave


contemporary literature in English; South Africa; displacements; globalization; Nadine Gordimer

Texto completo:

PDF

Referências


BAUMAN, Zygmunt. Globalização: as consequências humanas. Tradução de Marcus Penchel. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1999.

BAUMAN, Zygmunt. Identidade: entrevista a Benedetto Vecchi. Tradução de Carlos Alberto Medeiros. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2005.

CARBONIERI, D. A compensação da imobilidade em Nuruddin Farah. Cuiabá: EdUFMT, 2013.

FELDMAN, Alba K. T. Um longo caminho até o lar: a representação da diáspora contemporânea e suas implicações no romance O engate, de Nadine Gordimer. 2006. 208 f. Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) – Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2006. Disponível em: http://www.ple.uem.br/defesas/pdf/aktfeldman.pdf. Acesso em: 25 abr. 2018.

FOUCAULT, Michel. Outros espaços. In MOTTA, Manoel Barros da (Org.). Estética: literatura e pintura, música e cinema. Tradução de Inês Autran Dourado Barbosa. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2006. p. 411-422. (Coleção Ditos e Escritos III)

GOMES, Renato Cordeiro. Cosmopolitismos, nacionalismos, lugares e não-lugares na cultura contemporânea. In: MASINA, Lea; BITENCOURT, Gilda N.; SCMIDT, Rita Terezinha. (Org.). Geografias literárias e culturais: espaços/temporalidades. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2004. p. 93-113.

GORDIMER, Nadine. O engate. Tradução de Beth Vieira. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

HISSA, Cássio E. V. A mobilidade das fronteiras: inserções da geografia na crise da modernidade. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2002.

HOUNTONDJI, Paulin J. Conhecimento de África, conhecimento de africanos. In: SANTOS, B. S.; MENESES, M. P. (Org.). Epistemologias do Sul. São Paulo: Cortez, 2010. p. 119-131.

LEITE, Ana Mafalda. Cenografias pós-coloniais nas literaturas africanas. In: SILVA, Agnaldo R.; BATTISTA, Elisabeth; MAQUÊA, Vera. (Org.). Poéticas, políticas e representações literárias. São Paulo: Arte e Ciência, 2011. p. 59-70.

LOUKSON, Ives Sangouing. Représentation et migration dans The Pickup de Nadine Gordimer. 2008. 108 f. Mémoire (Maîtrise ès Lettres) – Faculté des Arts, Lettres et Sciences Humaines, Université de Yaoundé I, Yaoundé, 2008. Disponível em: http://eprints.campuce.org/95/1/M%C3%A9moire_maitrise_Loukson_final.pdf. Acesso em: 25 abr. 2018.

MARTINS, Anderson Bastos. O deserto e o espelho: refletindo sobre a heterotopia com Michel Foucault e Nadine Gordimer. Revista Odisseia, n. 2, 2009. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/odisseia/article/view/2058. Acesso em: 25 abr. 2018.

MARTINS, Anderson Bastos. Onde fica o meu país?: o exílio e a migração na ficção pós-apartheid de Nadine Gordimer. 2010. 274 f. Tese (Doutorado em Literatura Comparada) – Faculdade de Letras, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2010.

MASSEY, Doreen. Pelo espaço: uma nova política da espacialidade. Tradução de Hilda Pareto Maciel e Rogério Haesbaert. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2008.

MBEMBE, Achille. Sair da grande noite: ensaio sobre a África descolonizada. Ramada: Edições Pedago, 2014.

OGAWA, Renata Mayumi. Citizens of nowhere? asymmetrical displacements in Nadine Gordimer’s The Pickup. 2010. 69 f. Dissertação (Mestrado Inglês e Literatura Correspondente) – Centro de Comunicação e Expressão, Universidade Federal de Santa Catarina, Santa Catarina, 2010. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/93526. Acesso em: 25 abr. 2018.

PADILHA, Laura Cavalcante. Um trânsito por fronteiras. In: MASINA, Lea; BITENCOURT, Gilda N.; SCMIDT, Rita Terezinha. (Org.). Geografias literárias e culturais: espaços/temporalidades. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2004. p. 67-77.

TUAN, Yi-Fu. Topofilia: um estudo da percepção, atitudes e valores do meio ambiente. São Paulo: Difel, 1980.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2317-2096.28.2.51-68

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Lilian Reichert Coelho

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Aletria: Revista de Estudos de Literatura
ISSN 1679-3749 (impressa) / ISSN 2317-2096 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.