K. – Relato de uma busca, de Bernanrdo Kucinski: ausência de memória na Literatura de Testemunho

Iris Friedman, Vera Bastazin

Resumo


Este artigo propõe um estudo de K. Relato de uma busca, de Bernardo Kucinski, a partir de uma abordagem da Literatura de Testemunho. Privilegiar esse gênero para realizar uma leitura entre história e ficção favorece compreender o romance no contexto da Ditadura Militar no Brasil e, como tal, a situação-limite de violência que o insere na Era das Catástrofes. A análise das tensões presença/ ausência nos relatos de memória e do limiar entre ser/não ser também compõe o processo de leitura que destaca a questão da potência como forma de redimensionamento da obra em função de suas possibilidades narrativas.


Palavras-chave


Testemunho. História. Literatura.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17851/1982-3053.10.18.85-99

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




© Copyright 2007 Arquivo Maaravi: Revista Digital de Estudos Judaicos da UFMG - ISSN: 1982-3053.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.