Lições práticas do Manual de Judaísmo Carioca segundo Paulo Blank

Nancy Rozenchan

Resumo


Além de se propor a dar conta de uma história de vida ou de parte dela, o romance de formação precisa se acomodar a uma série de outras classificações que, por vezes, são acopladas a uma ou mais categorias particulares. Assim é o romance Mentch, a arte de criar um homem, de Paulo Blank, que se propõe a englobar na formação do pequeno carioca Paulo todas as virtudes do ser judeu no Rio de Janeiro nos anos 50 do século passado, assim como as vivências típicas da cidade de então. Passível de ser abordado sob outras categorias, como romance da maturidade travestido de roupagem de Bildungroman ou como obra típica da cultura judaica, a apreciação do romance se presta a desentranhar aspectos do instigante universo judaico do Rio de Janeiro daquela época.


Palavras-chave


Romance de Formação. Mentch. Paulo Blank.

Texto completo:

PDF

Referências


BLANK, Paulo. Mentch, a arte de criar um homem. Rio de Janeiro: 7Letras, 2016.

BUARQUE, Chico; SIVUCA. João e Maria, 1976.

HARSHAV, Benjamin. The Semiotics of Yiddish Communication. In: WIRTH-NESHER, Hana. What is Jewish Literature? Philadelphia, Jerusalem: The Jewish Publication Society, 1994.

ROSTEN, Leo. The Joys of Yiddish. Nova York, McGraw-Hill, 1968. In: KAWASAKI, Guy. How to Be a Mensch. How to change the world. 11 fev. 2006. Disponível em: . Acesso em: 20 ago. 2018.

SELIGMANN-SILVA, Márcio. Palavras introdutórias. Remate de males. Dossiê Literatura como uma arte da memória. Campinas, n. 26, jan.-jun. 2006.

WIRTH-NESHER, Hana. What is Jewish Literature? Philadelphia, Jerusalem: The Jewish Publication Society, 1994.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/1982-3053.13.25.231-242

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




© Copyright 2007 Arquivo Maaravi: Revista Digital de Estudos Judaicos da UFMG - ISSN: 1982-3053.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.