A querela entre filosofia e poesia no Protágoras: uma aporia

Luiz Paulo Rouanet

Resumo


No Protágoras, há uma passagem intrigante. Depois de pedir a Protágoras para evitar longos discursos (334d), por supostamente ter curta memória, Sócrates responde ao sofista em um longo discurso sobre um poema de Simônides, do qual Protágoras citara duas sentenças. Desse modo, Sócrates se revela não só possuidor de excelente memória, uma vez que apresenta várias outras sequências do poema, como também um perito na interpretação de poesia. Nesse longo discurso, também, ele se refere à sofística na Lacedemônia como equivalente à filosofia (342b). Essa passagem, como se propõe, fornece algumas chaves de leitura para as relações entre sofística e poesia, por um lado, e entre poesia e filosofia, por outro. Pode-se observar aqui o uso da ironia não só por parte de Sócrates como também por parte de Platão.


Palavras-chave


Sócrates; Platão; ironia; poesia; sofística.

Texto completo:

PDF

Referências


AGUIRRE, J. Platón y el conflito entre la vieja y la nueva poesía, Convivium, São Paulo, v. 26, p. 5-28, 2013.

JAEGER, W. Paidéia. Trad. Artur M. Parreira. São Paulo: Martins Fontes, 1995.

MARQUES, M. Platão, personagem de Laércio. In: LEÃO, D.; CORNELLI, G.; PEIXOTO, M. C. (Org.). Dos homens e suas ideias – Estudos sobre as vidas de Diógenes Laércio. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2013, p. 109-124. Disponível em: https://digitalis-dsp.uc.pt/bitstream/10316.2/34708/1/Doshomens_artigo8.pdf?ln=pt-pt. Acesso em: 10 out. 2017.

MICHELSEN, J. M. Socrates and the unity of APETH. In: BOUDORIS, K. J. (Ed.). The Philosophy of Socrates. Atenas: International Center for Greek Philosophy and Culture, 1991. p. 237-243.

PLATON, Oeuvres complètes. Org. Luc Brisson. Paris: Flammarion, [2008] 2011.

PLATON, Oeuvres complètes. Trad. E. Chambry. Paris: Garnier, [s/d.]. v. II.

ΠΛΑΤΩΝ, ΠΡΩΤΑΓΟΡΑΣ, Texto em grego antigo com versão em grego moderno. Atenas, GR: Kaktos, 1993.

ROSEN, S. The Quarrel between Philosophy and Poetry. Studies in Ancient Thought. New York; London: Routledge, 1988.

ROUANET, L. P. Some remarks about comedy in Aristotle, Aristophanes, and Plato. Sfendoni-Mentzou, Demetra (Org.). Proceedings of the World Congress “Aristotle 2400 Years”. Tessalonica, GR: Aristotelic University of Thessalonica, 2017. (no prelo).

ROUANET, L. P. Socrates, the greatets sophist? In: Hannah, Patricia (Org.). An anthology of philosophical studies, no. 9. Atenas, GR: Athens Institute for Education and Research, 2015. p. 111-19.

STONE, I. F. O julgamento de Sócrates. Trad. Paulo Henriques Brito. São Paulo: Cia. das Letras, 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/1983-3636.13.2.97-115

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Luiz Paulo Rouanet

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Nuntius Antiquus
ISSN 2179-7064 (impressa) / ISSN 1983-3636 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.