A graça e a simplicidade das cartas no tratado Sobre o Estilo de Demétrio

Gustavo Araújo de Freitas

Resumo


Mais do que qualquer outro discurso, a carta revela, com sua simplicidade, o caráter de seu emissor; tecendo breves considerações de amizade, ela é a “imagem da alma”. Assim a descreve o tratado Sobre o estilo de Demétrio, o primeiro registro grego, entre os tratados de retórica da Antiguidade, que traz um desenvolvimento mais longo sobre a questão. Contudo, apesar da reconhecida importância desse excursus, há ainda muitos pontos a serem discutidos, relacionados tanto com a sua inserção na instrução retórica, como no âmbito do próprio tratado, no qual, aliás, vale destacar as considerações de que o estilo epistolar deve conter graça e simplicidade. Logo, a minha proposta é explorar um pouco mais a fundo os elementos deste excursus presente em Sobre o Estilo de Demétrio, e tendo em vista, sobretudo, sua crítica literária.

Palavras-chave


Epistolografia, Demétrio, Sobre o estilo, crítica literária, retórica

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17851/1983-3636.10.2.89-108

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Gustavo Araújo de Freitas



Nuntius Antiquus
ISSN 2179-7064 (impressa) / ISSN 1983-3636 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.