“Em mangas de camisa”: lugares-comuns do gênero epistolar a partir de cartas de escritores brasileiros do século XX

Emerson Tin

Resumo


Resumo: O objetivo deste artigo é, a partir de exemplos extraídos da correspondência de quatro escritores brasileiros do século XX (Monteiro Lobato, Mário de Andrade, Graciliano Ramos e Fernando Sabino), proceder ao levantamento de algumas considerações esparsas sobre o ato de escrever cartas, que compreendem não só comentários sobre a materialidade do ato em si (por exemplo, o papel ou a tinta empregados, o uso da máquina de escrever), mas também sobre as possibilidades e impossibilidades proporcionadas pelo próprio gênero epistolar (a ideia da carta como uma “conversa por escrito”, os lugares-comuns e as limitações do gênero). Pretende-se, assim, entender como a escrita de cartas se construiu ao longo do século passado, a despeito da praticamente inexistente produção de obras teóricas para a orientação da escrita de cartas, ao contrário do que se viu nos séculos anteriores.

Palavras-chave: cartas brasileiras; século XX; correspondência; escrita de cartas; epistolografia.

Abstract:The aim of this article is, by drawing on the correspondence exchanged among four Brazilian writers of the twentieth century (Monteiro Lobato, Mário de Andrade, Graciliano Ramos and Fernando Sabino), to survey some scant considerations about the act of writing letters, which include not only comments on the materiality of the act itself (e.g. the paper or ink employed and the use of the typewriter), but also on the possibilities and impossibilities provided by the epistolary genre (the idea of the letter as a “written conversation”, the commonplaces and limitations of the genre). It is intended, therefore, to understand how the writing of letters was built during the last century, in spite of the nearly nonexistent production of theoretical works for the analysis of letter writing, in contrast to what was seen in the previous centuries.

Keywords: Brazilian letters of the twentieth century; correspondence; letter writing; epistolography.


Palavras-chave


cartas brasileiras; século XX; correspondência; escrita de cartas; epistolografia.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, M. de. A lição do amigo: cartas de Mário de Andrade a Carlos Drummond de Andrade, anotadas pelo destinatário. Rio de Janeiro: José Olympio, 1982.

ANDRADE, M. de. Cartas a Murilo Miranda. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1981.

ANDRADE, M. de. Mário de Andrade, cartas a Anita Malfatti. Organização de Marta Rossetti Batista. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1989.

BILAC, O.; BOMFIM, M. Cartas. In: BILAC, Olavo , BOMFIM, Manoel. Livro de Composição. 9. ed. Rio de Janeiro: Livraria Francisco Alves, 1930. p.187-206.

LOBATO, J. B. M. A Barca de Gleyre: quarenta anos de correspondência literária entre Monteiro Lobato e Godofredo Rangel. São Paulo: Brasiliense, 1964a. t. 1.

LOBATO, J. B. M. A Barca de Gleyre: quarenta anos de correspondência literária entre Monteiro Lobato e Godofredo Rangel. São Paulo: Brasiliense, 1964b. t. 2.

LOBATO, J. B. M. Cartas escolhidas. São Paulo: Brasiliense, 1964c. t. 1.

MORAES, M. A. de (Org.) Correspondência Mário de Andrade e Manuel Bandeira. São Paulo: EDUSP, 2001.

MORAES, M. A. de. Orgulho de jamais aconselhar: a epistolografia de Mário de Andrade. São Paulo: Edusp; Fapesp, 2007.

NUNES, C. Monteiro Lobato vivo. Rio de Janeiro: MPM Propaganda, Record, 1986.

QUEIROZ, J. O Secretário Moderno ou Guia indispensável para cada um se dirigir na vida sem auxílio de outrem. Rio de Janeiro: Quaresma, 1950.

RAMOS, G. Cartas. Rio de Janeiro: Record, 1992.

ROCHA, V. M. da. Por um protocolo de leitura do epistolar. Niterói: Eduff, 2017.

SABINO, F. Cartas a um jovem escritor e suas respostas. Rio de Janeiro: Record, 2003.

SABINO, F. Cartas na mesa. Rio de Janeiro: Record, 2002.

SÊNECA, L. A. Cartas a Lucílio. Tradução de J. A. Segurado e Campos. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1991.

SUCUPIRA FILHO, E. A arte de escrever cartas e os meios de adquirir um bom estilo. 6. ed. [São Paulo]: [s.n.], 1968.

TIN, E. (Org.). A arte de escrever cartas: Anônimo de Bolonha, Erasmo de Rotterdam, Justo Lípsio. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 2005.

TIN, E. Em busca do “Lobato das cartas”: a construção da imagem de Monteiro Lobato diante de seus destinatários. 2007. 548 f. Tese (Doutorado em Teoria e História Literária) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2007. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2018.

VIANNA, A.; FRAIZ, P. (Org.) Conversa entre amigos: correspondência escolhida entre Anísio Teixeira e Monteiro Lobato. Salvador: Fundação Cultural do Estado da Bahia; Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas/Cpdoc, 1986.

VINCENT-BUFFAULT, A. Da amizade: uma história do exercício da amizade nos séculos XVIII e XIX. Tradução de Maria Luiza X. de A. Borges. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1996.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2358-9787.27.1.181-204

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Emerson Tin

O Eixo e a Roda: Revista de Literatura Brasileira
ISSN 0102-4809 (impressa) / ISSN  2358-9787 (eletrônica)

License

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.