Incursões do livro brasileiro: Ribeiro Couto e a diplomacia literária com Portugal e Cabo Verde

Bruna Carolina de Almeida Pinto

Resumo


Resumo: O diálogo epistolar de Ribeiro Couto com intelectuais brasileiros, portugueses e cabo-verdianos registrado entre os anos de 1920, período de sua mudança para Portugal, a 1963, ano de sua morte, revela a atmosfera de um importante momento da história das relações intelectuais e literárias no âmbito da língua portuguesa. Inserido no Movimento Modernista brasileiro, Couto se posicionou ativamente e na linha de frente da divulgação internacional das “novas” obras nacionalistas produzidas no Brasil a partir dos anos 1920, encarando-a como uma missão pessoal e um projeto complementar ao processo de autonomização modernista. O objetivo deste artigo é apontar o modo pelo qual Couto, valendo-se de sua posição diplomática no âmbito internacional, procurou promover diálogos, parcerias, reflexões e até articular colaboradores para a tarefa de introduzir ou projetar os novos escritores brasileiros e suas obras em outros contextos culturais.

Palavras-chave: literatura brasileira; epistolografia; história intelectual; modernismo.


Abstract: The epistolary dialogue of Ribeiro Couto with Brazilian, Portuguese and Cape Verdean intellectuals reveals the atmosphere of an important moment in the history of intellectual and literary relations of the Portuguese language. This dialogue was recorded between the 1920s, when Ribeiro Couto began to live in Portugal, and 1963, the year of his death. As a member of the Brazilian Modernist Movement, Couto was productive and in the front line of the international dissemination of “new” nationalist writings produced in Brazil since the 1920s. The author faced it as a personal mission and a complementary project in the process of modernist autonomization. The purpose of this article is to indentify how Couto, using his diplomatic position in the international arena, sought to foster dialogues, partnerships and reflections. Moreover, his initiative even contributed to gather collaborators for the task of both introducing and projecting new Brazilian writers and their works into other cultural contexts.

Keywords: Brazilian literature; epistolography; intelectual history; modernism.


Palavras-chave


literatura brasileira; epistolografia; história intelectual; modernismo.

Texto completo:

PDF

Referências


CANDIDO, Antonio. A educação pela noite. 5. ed. rev. Rio de Janeiro: Ouro sobre o Azul, 2006.

COUTO, Ribeiro. Sentimento lusitano. São Paulo: Livraria Martins, 1961.

FCRB ‒ Fundação Casa de Rui Barbosa. Arquivo Museu de Literatura Brasileira. Acervo pessoal de Ribeiro Couto (Correspondência e recortes).

HALLEWELL, Laurence. O livro no Brasil: sua história. 2. ed. rev. e amp. Tradução de Maria da Penha Villalobos, Lólio Lourenço de Oliveira e Geraldo Gerson de Souza. São Paulo: Edusp, 2005.

MICELI, Sérgio. Intelectuais à brasileira. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

OLIVEIRA, José Osório de. Geografia literária. Coimbra: Imprensa da Universidade, 1931.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2358-9787.27.1.25-40

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Bruna Carolina de Almeida Pinto

O Eixo e a Roda: Revista de Literatura Brasileira
ISSN 0102-4809 (impressa) / ISSN  2358-9787 (eletrônica)

License

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.