Duas faces do amor em A Paixão Medida, de Carlos Drummond de Andrade / Two Faces of Love in A Paixão Medida, by Carlos Drummond de Andrade

Fabiane Renata Borsato, Lysllaynne Prysccylla Tavela

Resumo


Resumo: O artigo analisa dois poemas da obra A Paixão Medida (1980) para compreensão de duas faces do amor presentes na poética de Carlos Drummond de Andrade, sendo uma delas o amor comercializável do poema “A festa do mangue” e a outra o amor epifânico, presente no poema “Nascer de novo”. Para isso, serão descritos e analisados os modos de instauração das vozes dos poemas, ora pautados na objetividade, ora na intensa subjetividade da primeira pessoa; as gradações e regularidades rítmicas; a relação entre princípio identitário e epifania; o amor como concepção simpática das coisas e da alteridade; a relação entre locus adversus e locus amoenus; a presença da ironia drummondinana; o olhar empático do eu poético pela condição de existência no mangue; a mobilidade espacial dos clientes do mangue como contraponto do isolamento das meretrizes e manutenção da exclusão social e econômica. Os sujeitos de ambos os poemas, diante das adversidades econômicas, políticas e sociais, buscam alternativas de existência e sobrevivência num mundo desajustado. Pretende-se evidenciar que o amor transitório do mangue e o amor-poesia-epifania são duas formas de amar drummondianas, em meio à dura mitologia das cidades modernas.

Palavras-chave: Carlos Drummond de Andrade; A Paixão Medida; lírica amorosa.

Abstract: This paper analyzes two poems from the work A Paixão Medida (1980) aiming to comprehend the two faces of love underlying Carlos Drummond de Andrade’s poetics, being the first one the marketable love in the poem “A festa do mangue”, and the second one being the epiphanic love, presented in the poem “Nascer de novo”. In order to do it, the modes of instauration of the voices in the poems will be described and analyzed they are grounded either in the first person’s objectivity or in its intense subjectivity; the gradations and rhythmic regularity; the relation between the identity and the epiphany; love as a friendly conception of things and alterity; the relation between locus adversus and locus amoenus; the presence of Drummond’s irony; the empathetic gaze of the poetic persona towards the existence conditions on the mangrove; the spatial mobility of the mangrove’s clients as a counterpoint of the prostitutes’ isolation and maintenance of the social and economic exclusion. The subjects of both of these poems, facing the economic, political and social adversities, seek alternatives of existence and surviving in a disarranged world. It is aimed to highlight that the transitory love of the mangrove and the love-poetry-epiphany are two of Drummond’s forms of love amid the tough mythology of the modern cities.

Keywords: Carlos Drummond de Andrade; A Paixão Medida; loving lyric.


Palavras-chave


Carlos Drummond de Andrade; A Paixão Medida; lírica amorosa; loving lyric.

Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, T. W. Notas de literatura I. São Paulo: Duas Cidades: Ed. 34, 2003.

ALI, M. S. Versificação portuguesa. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1999.

ANDRADE, C. D. de. A paixão medida. 10. ed. Rio de Janeiro: Record, 2010.

ANDRADE, C. D. de. Poesia completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 2003.

BANDEIRA, M. Libertinagem. In: ______. Antologia poética. 5. ed. Rio de Janeiro: Editora Sabiá, [197-?]. p. 65-91.

BARBOSA, R. C. de Poemas eróticos de Carlos Drummond de Andrade. São Paulo: Ática, 1987.

BOSI, A. Poesia-resistência. In: ______. O ser e o tempo da poesia. São Paulo: Companhia das Letras, 2000. p. 163-227.

CANDIDO, A. Inquietudes na poesia de Drummond. In: ______. Vários Escritos. 2. ed. São Paulo: Duas Cidades, 1977. p. 93-122.

CORTÁZAR, J. Para una poética. In: ______. Obra crítica 2. Buenos Aires: Suma de Letras, 2004.

COSTA LIMA, L. Lira e antilira: Mário, Drummond, Cabral. Rio de Janeiro: Topbooks, 1995.

LAFETÁ, J. L. Leitura de “Campo de flores”. In: ______. A dimensão da noite e outros ensaios. São Paulo: Duas Cidades: Editora 34, 2004. p. 38-54.

LEITE, S. U. A poesia e a cidade. In: ______. Crítica de ouvido. São Paulo: Cosac Naify, 2003. p. 13-60.

LIMA, M. V. Confidência Mineira: o Amor na poesia de Carlos Drummond de Andrade. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1995.

NUNES, B. O mundo imaginário de Clarice Lispector. In: ______. O Dorso do Tigre. São Paulo: Editora Perspectiva, 1976. p. 93-139.

SANT’ANNA, A. R. de. Laços de Família e Legião Estrangeira. In: ______. Análise Estrutural de Romances Brasileiros. São Paulo: Editora Unesp, 2012. p. 261-297.

SCHWARZ, R. Sequências Brasileiras: ensaios. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2358-9787.28.3.239-258

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Fabiane Renata Borsato, Lysllaynne Prysccylla Tavela

O Eixo e a Roda: Revista de Literatura Brasileira
ISSN 0102-4809 (impressa) / ISSN  2358-9787 (eletrônica)

License

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.