Tecnologia e políticas educacionais: desafios e contribuições das tecnologia da informação e comunicação em escolas estaduais da cidade de Itaperuna

Valquiria Oscar Teixeira

Resumo


RESUMO:O uso das tecnologias nas escolas tem seu marco no final do século XX e principalmente amplia-se no século XXI. Com o avanço da globalização, a tecnologia passou a ser presença indispensável no cotidiano, e nessa conjuntura vem agregando novas formas de mediações sociais, revolucionando a comunicabilidade, trazendo em evidencia diferentes formas de comunicação e interação entre as pessoas. Este trabalho discute a relevância das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) no contexto educativo, considerando as políticas públicas responsáveis pela sua inserção nas escolas, como também a visão que os educadores possuem sobre elas e os obstáculos por eles enfrentados na utilização prática das TIC. A revisão bibliográfica sobre o tema deu suporte aos dados construídos a partir das entrevistas realizadas com três professoras de escolas estaduais da cidade de Itaperuna. As entrevistas foram baseadas na problemática de como os docentes têm visto a chegada das TIC no ambiente escolar e o que têm feito para incorporá-la em benefício da educação. Através das entrevistas e levantamento bibliográfico foi possível constatar que, com o auxilio das TIC, a escola consegue ensinar o que significa viver imerso numa comunidade de conhecimento compartilhado. Consegue, ainda, educar para o exercício da cidadania, qualificação para o trabalho e práticas sociais, como descreve a LDB. No entanto, apesar das contribuições nos aspectos sociais e de aprendizado possibilitadas aos educandos, foram observados, ainda, obstáculos substanciais que atravancam o alcance do êxito na utilização das TIC na escola. A deficitária formação docente e aspectos infraestruturais das instituições são alguns desses empecilhos.

PALAVRAS-CHAVE: tecnologia; TIC; escola; formação docente; infraestrutura.

  

ABSTRACT: The use of technology in schools made its mark at the end of the XX century and mainly expands in the XXI century. With the advance of globalization, technology has become indispensable presence in daily life and at this juncture has been adding new forms of social mediation, revolutionizing the communicability, bringing in evidence different ways of communication and interaction among people. This work discusses about the importance of Information and Communication Technologies (ICT) in the educational context, considering the public policies, responsible for their integration in schools, as well as the vision that educators have about them and obstacles they face in the practical use of ICT. The literature review about the theme gave support to data constructed from interviews with three teachers of state schools in Itaperuna. The interviews were based on the issue of how teachers have seen the advent of Information and Communication Technology in the school environment and what they have done to incorporate it for the benefit of education. Through interviews and literature review it was found that with the help of the ICT, the school can teach what it means to live immersed in a shared knowledge community. The school can also educate for citizenship exercise, qualification for work and social practices, as described in the LDB. However, despite the contributions in social spects and learning enabled to the students, we also observed substantial obstacles that clutter the scope of success in the use of ICT in school. The deficit teacher training and infrastructural aspects of the institutions are some of the obstacles.

KEYWORDS: technology; ICT; school; teacher training; infrastructure.


Palavras-chave


tecnologia; TIC; escola; formação docente; infraestrutura.

Texto completo:

PDF

Referências


ALBINO, R. D.; SOUZA, C. A. de. Avaliação do nível de uso das TICs em escolas brasileiras: uma exploração dos dados da pesquisa “TIC Educação”. In: Encontro do ANPAD, 34., 2015, Belo Horizonte, MG. XXXIX Encontro da ANPAD. Belo Horizonte, 2015. p. 1-17. Disponível em: https://www.ufrr.br/administracao/index.php?option=com_phocadownload&view=category&download=178:tic-educacao&id=28:tema-9&Itemid=232"&HYPERLINK%20. Acesso em: 19 dez. 2015.

APRESENTAÇÃO. Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, [20--]. Disponível em: http://www.fnde.gov.br/programas/programa-nacional-de-tecnologia-educacional-proinfo/proinfo-apresentacao. Acesso em: 24 dez. 2015.

BRASIL. Senado Federal. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília: [s.n.], 1996. Disponível em: http://www.dca.fee.unicamp.br/~leopini/consu/reformauniversitaria/ldb.htm. Acesso em: 24 dez. 2015.

BREVE histórico do projeto UCA. UCA Bahia, [20--]. Disponível em: https://blog.ufba.br/ucabahia/breve-historico-do-projeto-uca/. Acesso em: 27 ago. 2015.

CARDOSO, A. M.; AZEVEDO, J. de F.; MARTINS, R. X. Histórico e tendências de aplicação das tecnologias no sistema educacional brasileiro. Colabor@ – A Revista Digital da CVA-Ricesu, [S.l.], v. 8, p. 1-11, dez. 2013. Disponível em: http://pead.ucpel.tche.br/revistas/index.php/colabora/article/view/252/179. Acesso em: 27 ago. 2015.

COUTINHO, C. L.; LOPES, L. M.; BRAGANÇA, R. C. M. O que é Educação a Distância? É novidade? Como e quando começou? Niterói: [s.n.], 2014.

DIAS, R.; MATOS, F. Políticas públicas: princípios, propósitos e processos. São Paulo: Atlas, 2012.

DOWBOR, L. Tecnologias do conhecimento: os desafios da educação. Petrópolis: Vozes, 2001.

FILHO, A. M. da S. A Era da Informação. Revista Espaço Acadêmico, Maringá, ano 1, n. 2, jul. 2001. Disponível em: http://www.espacoacademico.com.br/002/02col_mendes.htm. Acesso em: 24 dez. 2015.

GOULART, N. Desafio aos professores: aliar tecnologia e educação. Veja, 9 jun. 2010. Educação. Disponível em: http://veja.abril.com.br/educacao/desafio-aos-professores-aliar-tecnologia-e-educacao-2/. Acesso em: 24 dez. 2015.

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA. Infraestrutura econômica no Brasil: diagnósticos e perspectivas para 2025. Brasília: IPEA, 2010. v. 1. (Série Eixos Estratégicos do Desenvolvimento Brasileiro; Infraestrutura Econômica, Social e Urbana, Livro 6). Disponível em: http://www.ipea.gov.br/agencia/images/stories/PDFs/livros/livros/Livro_InfraestruturaSocial_vol1.pdf. Acesso em: 24 jun. 2016.

JOLY, M. C. R. A. Evidências de validade de uma escala de desempenho docente em informática educacional. Psico-USF, Iataiba, v. 9, n. 2, p. 173-180, 2014.

LEU, D. J. et al. Innovative approaches to literacy education: using the internet to support new literacies. Newark, NJ: International Reading Association. 2005.

LÉVY, P. Cibercultura. São Paulo: 34, 1999.

MARCONI, N. M.; PULGA, R. V. O computador no processo de ensino-aprendizagem: prática e atuação de professores. Planeta Educação, 22 jan. 2010. Educação e Tecnologia. Disponível em: http://www.planetaeducacao.com.br/portal/artigo.asp?artigo=1735. Acesso em: 24 dez. 2015.

MARTINS,R. X. Competências em tecnologia da informação no ambiente escolar. Psicologia Escolar e Educacional, Campinas, v. 9, n. 2, dez. 2005. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-85572005000200016. Acesso em: 24 dez. 2015.

MORAES, M. C. Informática educativa no Brasil: uma história vivida, algumas lições aprendidas. Revista Brasileira de Informática na Educação, Porto Alegre, v. 1, p. 1-35, abr. 1997. Disponível em: http://www.lbd.dcc.ufmg.br/colecoes/rbie/1/1/003.pdf. Acesso em: 27 ago. 2015.

MORAN, J. M. A educação que desejamos: novos desafios e como chegar lá. 2. ed. Campinas, SP: Papirus, 2007.

OLIVEIRA, D. A. Política educacional. In: OLIVEIRA, D. A.; DUARTE, A. M. C.; VIEIRA, L. M. F. Dicionário: trabalho, profissão e condição docente. Belo Horizonte: UFMG/Faculdade de Educação, 2010. Disponível em: http://www.gestrado.net.br/pdf/420.pdf. Acesso em: 24 jun. 2016.

PAIVA, J. et al. Experiencias TIC na escola: obstáculos à mudança. [s.d]. Disponível em: http://www.ufrgs.br/niee/eventos/RIBIE/2006/ponencias/art089.pdf. Acesso em: 24 dez. 2015.

PEREIRA, A. R.; LOPES, R. de D. Legal: ambiente de autoria para educação infantil apoiada em meios eletrônicos interativos. In: 26º SIMPÓSIO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO, 2005, Maceió. Anais... São Paulo: Sociedade Brasileira de Computação, 2005. p. 23-30.

PERRENOUD, P. 10 novas competências para ensinar: convite à viagem. Tradução de Patricia Chittoni Ramos. Porto Alegre: Artmed, 2000.

PESQUISA sobre o uso das tecnologias de informação e comunicação nas escolas brasileiras: TIC Educação 2013. Coordenação executiva e editorial de Alexandre F. Barbosa. São Paulo: Comitê Gestor da Internet no Brasil, 2014. Disponível em: http://cetic.br/media/docs/publicacoes/2/tic-educacao-2013.pdf. Acesso em: 29 ago. 2015.

PESQUISA sobre o uso das tecnologias de informação e comunicação nas escolas brasileiras: TIC Educação 2012. Coordenação de Alexandre F. Barbosa. São Paulo: Comitê Gestor da Internet no Brasil, 2013. Disponível em: http://www.cetic.br/publicacoes/2012/tic-educacao-2012.pdf. Acesso em: 10 dez. 2015.

PORTAL DE GOVERNO ELETRÔNICO DO BRASIL. Conheça o Programa de Governo Eletrônico Brasileiro. Disponível em: http://acessodemocratico.blogspot.com.br/2012/06/conheca-o-programa-de-governo.html. Acesso em: 30 ago. 2015.

PROINFO – Apresentação. Ministério da Educação, [s.d.]. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?Itemid=462. Acesso em: 27 ago. 2015.

RODRIGUES, M. M. A. Políticas públicas. São Paulo: Publifolha, 2011. (Folha Explica).

SALOMÃO, L. A. Análise e elaboração de projetos. Niterói, 2014a.

SALOMÃO, L. A. Infraestrutura para o desenvolvimento. Niterói, 2014c.

SALOMÃO, L. A. Políticas públicas: teoria e prática. Niterói, 2014b.

SANTOS, E.; ALVES, L. Praticas pedagógicas e tecnologias digitais. Rio de Janeiro: e-Papers, 2006.

VALENTE, J. A. Informática na educação: instrucionismo x construcionismo. NIED/UNICAMP, 1997. Não publicado.

WILD, M. Technology refusal: rationalizing the failure of students and beginning teachers to use computers. British Journal of Educational Technology, v. 72, n. 2, p. 134-143, 1996.

ZANTEN, A. van. Politiques éducatives. In: ZANTEN, A. van. (Dir.). Dictionnaire de l’éducation. Paris: Quadrige/PUF, 2008. Disponível em: https://ries.revues.org/482. Acesso em: 24 jun. 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/1983-3652.9.1.140-159

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Texto Livre: Linguagem e Tecnologia
ISSN 1983-3652 (eletrônica)

Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais

Belo Horizonte - Minas Gerais (Brasil)

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.