O copo meio cheio: a rede como um campo de possibilidades de valorização de professores / Cup half full: the network as a field of opportunities for teachers’ appreciation

Elodia Honse Lebourg, Valdete Aparecida Fernandes

Resumo


RESUMO:A experiência que resultou neste artigo deriva da criação da rede Professores transformadores, um projeto de troca de conteúdo, de diálogo e de formação entre professores, pedagogos, gestores, estudantes de licenciatura e interessados por uma Educação mais reflexiva e engajada. Criada em 2015, a rede visa aproximar professores que são autores de ações inovadoras e transformadoras, chamando a atenção para a importância de suas práticas na formação de estudantes como cidadãos autônomos, críticos e criativos. Com estratégias de reforço ao protagonismo e à valorização docente, a rede se propõe a contribuir para ressignificar a prática profissional dos envolvidos, ao refletir sobre possibilidades de superação das adversidades e de alguns dos dilemas da Educação brasileira. Suas propostas de ação operam de duas formas. Digitalmente, os integrantes têm acesso a conteúdos criados coletivamente e publicados em um site, em uma página e em um grupo de uma rede social. Localmente, nas cidades mineiras de Ouro Preto e Mariana, a rede atua por meio da mobilização de professores em torno de ações, como palestras, mostras de filmes e estudos dirigidos. Os resultados, até o momento, indicam uma receptividade quanto à proposta, com professores se articulando, empoderando-se e construindo relações de troca com colegas de todo o país.

PALAVRAS-CHAVE: rede; docência; formação docente; valorização.

 

ABSTRACT:The experience resulted in this article is derived from the creation of the network Professores transformadores (Transformative Teachers), a project based on content exchange, dialog and development among teachers, educators, managers, and undergraduate students and all of those interested in a more reflective and committed education. Created in 2015, the network aims to bring together teachers who are the authors of innovative and transformative actions, calling attention to the importance of their practices in the students’ development process as autonomous, critical and creative citizens. With reinforcement strategies to leadership and teaching appreciation, the network intends to contribute to reframe the professional practice of those involved by reflecting on possibilities of overcoming adversity and some of the Brazilian Education dilemmas. The proposals operate in two ways. Digitally, members have access to content collectively created and published on a website, on a page and among a group on a social network. Locally, in Ouro Preto and Mariana towns, in the state of Minas Gerais, Brazil, the network works by mobilizing teachers with activities such as lectures, film exhibitions and guided studies. The results so far indicate receptivity to the proposal, with teachers articulating, empowering themselves and building exchange relationships with colleagues across the country.

KEYWORDS: network; teaching; teacher development; appreciation.


Palavras-chave


rede; docência; formação docente; valorização.

Texto completo:

PDF

Referências


COUTRIM, R. M. da E.; CUNHA, M. A. de A. Escolha ou destino? A influência intergeracional na vida de jovens egressos do Ensino Médio. Revista Contemporânea de Educação, Rio de Janeiro, RJ, n. 12, p. 173-194, ago./dez. 2011. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/rce/article/view/1647. Acesso em: 04 dez. 2016.

DAMIANI, M. F. Entendendo o trabalho colaborativo em Educação e revelando seus benefícios. Educar, Curitiba, n. 31, p. 213-230, 2008. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/er/n31/n31a13. Acesso em: 04 dez. 2016.

DAYRELL, J. A escola como espaço sociocultural. Múltiplos olhares sobre Educação e cultura. Belo Horizonte: Editora UFMG, 1996, p. 136-161.

DELORS, J. Educação: um tesouro a descobrir. 2ª ed. Brasília, DF: MEC/UNESCO, 2003.

DINIZ-PEREIRA, J. E. A epistemologia da experiência na formação de professores: primeira aproximações. Formação Docente, Belo Horizonte, v. 2, n. 2, p. 83-93, jan./jul. 2010. Disponível em: http://formacaodocente.autenticaeditora.com.br/artigo/exibir/7/15/1. Acesso em: 04 dez. 2016.

NÓVOA, A. Formação de professores e profissão docente. Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992, p. 13-33.

PAULA, S. G. de. Professor reflexivo (verbete). In: SOUZA, J. V. A. de; GUERRA, R. (Orgs.). Dicionário crítico da Educação. Belo Horizonte: Dimensão, 2014.

RIBEIRO, R. Dez princípios sobre professores e formação de professores. In: BARBOSA, R. L. L. (Org.). Trajetórias e perspectivas da formação de educadores. São Paulo, Editora UNESP, 2004, p. 117-126.

SILVA, A. M. C. e. A formação contínua de professores: uma reflexão sobre as práticas e as práticas de reflexão em formação. Educação & Sociedade [online], v. 21, n. 72, p. 89-109, 2000. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v21n72/4195.pdf. Acesso em: 04 dez. 2016.

SOUZA, C.; LEÃO, G.; PINTO, M. A tessitura do processo de midiatização: a interação entre juventude, mídia e escola. In: PINTO-COELHO, Z; FIDALGO, J (Eds.). Comunicação e cultura: II Jornada de Doutorandos em Ciências da Comunicação e Estudos Culturais. Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho, 2013, p. 221-237. Disponível em: http://www.lasics.uminho.pt/ojs/index.php/cecs_ebooks/article/view/1671/1610. Acesso em: 04 dez. 2016.

ZEICHNER, K. M. Uma análise crítica sobre a “reflexão” como conceito estruturante na formação docente. Educação & Sociedade, Campinas, v. 29, n. 103, p. 535-554, mai./ago. 2008. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v29n103/12.pdf. Acesso em: 04 dez. 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/1983-3652.9.2.254-262

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Texto Livre: Linguagem e Tecnologia
ISSN 1983-3652 (eletrônica)

Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais

Belo Horizonte - Minas Gerais (Brasil)

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
SCImago Journal & Country Rank