Contribuições do sociointeracionismo para a aprendizagem de um idioma em plataformas digitais / Contributions from sociointeracionism to the learning of a language in digital platforms

Renata Santos de Morales, Noeli Reck Maggi, André Luis Marques da Silveira, Juliana Figueiró Ramiro

Resumo


RESUMO: Este artigo apresenta, a partir de um breve estudo de caso que tem como objeto a plataforma de ensino da Língua Inglesa My English Online, considerações iniciais sobre as possíveis contribuições da teoria sociointeracionista, proposta por Lev Semenovich Vigotsky, para um melhor desenvolvimento de ambientes virtuais de aprendizagem. No estudo da ferramenta, verificou-se que, tal como ocorre frequentemente em projetos de designinstrucional, o desenvolvimento da plataforma foi orientado pelo construtivismo de Jean Piaget, fato que será apresentado a partir da seleção e exposição reflexiva de algumas funcionalidades dessa plataforma. O desafio deste artigo é pautar, a partir da sugestão de inclusão de novas funcionalidades na plataforma, uma possibilidade de unir ambas as teorias com o objetivo de contribuir para a aprendizagem.

PALAVRAS-CHAVE: aprendizagem de idioma; sociointeracionismo; plataformas digitais.

 

ABSTRACT: This article presents, based on a brief case study which has as its object the English teaching platform My English Online, initial considerations on the possible contributions of the sociointeractionist theory proposed by Lev Semenovich Vigotsky, for a better development of virtual learning environments. The case study showed that, as often happens in instructional design projects, the development of the platform was guided by Jean Piaget’s constructivism, which will be presented from the selection and reflective display of a selection of the platform’s features. The challenge of this paper is to suggest, based on the inclusion of new features on the platform, a union of both theories in order to contribute to learning processes.

KEYWORDS: language learning; social interaction; digital platforms.


Palavras-chave


aprendizagem de idioma; sociointeracionismo; plataformas digitais.

Texto completo:

PDF

Referências


FILATRO, A. Design instrucional na prática. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2008.

GLASERSFELD, E.; HUSEN, T. Constructivism in Education. In: POSTLETHWAITE, T. N. (Eds.). The International 114 Encyclopedia of Education, Oxford/New York: Pergamon Press, Supplement v. 1, p. 162-163. 1989. Disponível em: http://www.univie.ac.at/constructivism/EvG/papers/114.pdf. Acesso em: 18 nov. 2016.

HALL, A. Vigostky Goes Online: lerning design from a sociocultural perspective. Refereed proceedings from Learning and Socio-cultural theory: Exploring modern Vygotskian perspectives workshop, 2007, v. 1, n. 1. Wollongong University. Disponível em: http://ro.uow.edu.au/cgi/viewcontent.cgi?article=1005&context=llrg. Acesso em: 03 out. 2015.

KENSKI, V. M. Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação. Campinas, SP. Papirus, 2007.

MOREIRA, M. A. Teorias de Aprendizagem. São Paulo: E.P.U, 2011.

MY ENGLISH ONLINE. Disponível em: http://www.myenglishonline.com.br. Acesso em: 05 out. 2015.

PIAGET, J. Seis Estudos de Psicologia. Rio de Janeiro: Forense, 1967. [Six Études de Psichologie, 1964].

PIAGET, J. Psicologia e Pedagogia. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1982. [Psychologie et Pédagogie, 1969].

PINO, A. As Marcas do Humano: às origens da constituição cultural da criança na perspectiva de Lev S. Vigotski. São Paulo: Cortez, 2005.

RAMAL, A. C. Educação com tecnologias digitais: uma revolução epistemológica em mãos do desenho instrucional. In: SILVA, M. (Org.). Educação online. São Paulo: Edições Loyola, 2003, p. 183-198.

SAMPIERI, R. H.; COLLADO, C. F.; LUCIO, M. del P. B. Metodologia de Pesquisa. 5. ed. Porto Alegre: Editora Penso, 2013.

SILVEIRA, F. P. F. da; TORRES, F. M. C.; RODRIGUES, A. Equipes de EaD e o Designer instrucional. Itajubá: UNIFEI, 2006. Disponível em: http://www.ead.unifei.edu.br/novolivrodigital/geraLivro.php?codLivro=48&codCap=110. Acesso em: 05 out. 2015.

VIGOTSKY, L. S. A Formação Social Da Mente. 7.ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

YIN, R. Estudo de Caso: Planejamento e Métodos. 4. ed. Porto Alegre: Bookman, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/1983-3652.9.2.148-160

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Texto Livre: Linguagem e Tecnologia
ISSN 1983-3652 (eletrônica)

Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais

Belo Horizonte - Minas Gerais (Brasil)

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
SCImago Journal & Country Rank