Relato de experiência: oficina pedagógica como objeto de aprendizagem na formação inicial do pedagogo no Consórcio CEDERJ

Silvia Alicia Martínez, Fabrícia Vieira de Araújo, Suelen Ribeiro de Souza, Evandro Vargas, Leandro Garcia Pinho

Resumo


RESUMO: O presente trabalho objetiva abordar, analisar e discutir uma significativa experiência de ensino e aprendizagem adquirida em uma oficina pedagógica, no âmbito do Curso de Pedagogia da Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF), no bojo do Centro de Educação a Distância do Estado do Rio de Janeiro (CEDERJ). Tal atividade foi concretizada por professores, tutores e alunos das disciplinas História na Educação 1 e História na Educação 2 do curso supracitado. A partir das referências de diferentes pesquisadores do campo do Ensino de História e da Educação, discorremos em um momento inicial acerca da organização e estruturação da Oficina, para posteriormente tratarmos da concretização da atividade em si pelos estudantes. A Oficina muito contribuiu para a reflexão acerca das práticas pedagógicas e para uma maior aproximação entre docentes, tutores e estudantes, bem como oportunizou pensamentos acerca das diferentes tecnologias e outros materiais que podem ser empregadas no ensino de História.

 

PALAVRAS-CHAVE: oficina pedagógica; ensino de História; educação a distância; curso de Pedagogia.

 

ABSTRACT: The present work aims at addressing, analyzing and discussing a significant experience of teaching and learning acquired in a pedagogical workshop, within the course of pedagogy of the State University of the North Fluminense (UENF), in the Centre of Distance Education of the State of Rio de Janeiro (CEDERJ). Such activity was accomplished by teachers, tutors and students of the disciplines History in Education 1 and History in Education 2 of the aforementioned course. From the references of different researchers of the field of History Teaching and Education, we have come at an initial moment about the organization and structuring of the workshop, to subsequently embrace the realization of the activity itself by the students. The workshop contributed greatly to reflect on pedagogical practices and for a closer approximation among teachers, tutors and students, as well as it allowed to think the different technologies and other materials that can be employed in the History teaching.

 

KEYWORDS: Pedagogical workshop; History teaching; distance education; Pedagogy course.


Palavras-chave


oficina pedagógica; ensino de História; educação a distância; curso de Pedagogia

Texto completo:

PDF

Referências


ABBAD, G. da S.; ZERBINI, T.; SOUZA, D. B. L. de. Panorama das pesquisas em educação a distância no Brasil. Estudos de Psicologia, v. 15, n. 3, set.-dez./2010, 291-298. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/epsic/v15n3/a09v15n3. Acesso em: 26 jun. 2017.

ALMEIDA, L. R. Diretrizes para a formação de professores: uma abordagem possível. In: PLACCO, V. M. N. de S.; ALMEIDA, L. R. (Org.). O coordenador pedagógico e os desafios da educação. São Paulo: Edições Loyola, 2008. p. 9-23.

ANASTASIOU, L. das G. C.; ALVES, L. P. Processos de Ensinagem na Universidade: pressupostos para as estratégias de trabalho em aula. 5ª ed. Joinville: Univille, 2009.

BELLONI, M. L. Educação a distância. 5ª ed. Campinas: Autores Associados, 2009.

BELLONI, M. L. Ensaio sobre a Educação a Distância no Brasil. Educação & Sociedade, Campinas-SP, ano XXIII, n. 78, abr. 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v23n78/a08v2378. Acesso em: 26 jun. 2018.

BITTENCOURT, C. Capitalismo e Cidadania nas atuais propostas curriculares de História. In: BITTENCOURT, Circe (Org.). O saber histórico na sala de aula. 12.ed. São Paulo: Contexto, 2015. p. 11-27.

BOHADANA, E.; VALLE, L. do. O quem da Educação à distância. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 14, n. 42, p. 551–564, 2009. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v14n42/v14n42a11.pdf. Acesso em: 26 jun. 2018.

BRASIL. RESOLUÇÃO CNE/CP 1, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2002. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rcp01_02.pdf. Acesso em: 26 jun. 2018.

CABRINI, C. O que achamos importante lembrar sobre o ensino de história ou fundamentação teórica da proposta. In: CABRINI, C. et. al. Ensino de História, revisão urgente. São Paulo: EDUC, 2000. p. 31-44.

CENSO EAD. BR. Relatório analítico da aprendizagem a distância no Brasil 2011. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2012 (Relatório).

COSTA, C. J. Licenciaturas a distância: a experiência do CEDERJ. 2005. Disponível em: http://www.cinted.ufrgs.br/ciclo5/apresentacoes/CEDERJ/apres_cederj_ufrgs_junh2005.pdf. Acesso em: 26 jun. 2018.

COSTA, C. J. Modelos de Educação Superior a Distância e Implementação da Universidade Aberta do Brasil. Revista Brasileira de Informática na Educação, Porto Alegre-RS, v. 15, n. 2, p. 9-16, mai.-ago. 2007. Disponível em: http://www.br-ie.org/pub/index.php/rbie/article/view/63/53. Acesso em: 26 jun. 2018.

INSTITUTO PAULO MONTENEGRO. Inaf 2011 mostra evolução da educação no Brasil. Disponível em: https://drive.google.com/open?id=0B5WoZxXFQTCRWE5UY2FiMzFhZEk. Acesso em: 26 jun. 2018.

LACÉ, A. M. A Universidade Aberta do Brasil (UAB): das origens na ditadura militar ao século XXI. 2014. 313 f., il. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade de Brasília, Brasília, 2014.

MATIAS-PEREIRA, J. Políticas públicas de educação no Brasil: a utilização da ead como instrumento de inclusão social. Journal of Technology Management & Innovation, v. 3 n. 2, p. 44-55, 2008. Disponível em: http://www.jotmi.org/index.php/GT/article/view/art79/544. Acesso em: 26 jun. 2018.

MENEZES, L. M. de; SILVA, M. F. de S. Ensinando história nas séries iniciais: alfabetizando o olhar. In: MONTEIRO, A. M.; GASPARELLO, A. M.; MAGALHÃES, M. de S. (Org.). Ensino de História: sujeitos, saberes e práticas. Rio de Janeiro: Mauad X: FAPERJ, 2007. p. 215-228.

MUGNOL, M. A educação a distância no Brasil: conceitos e fundamentos. Revista Diálogo Educação, v. 9, n. 27, p. 335-349, 2009. Disponível em: http://www2.pucpr.br/reol/index.php/DIALOGO?dd1=2738&dd99=pdf. Acesso em: 26 jun. 2018.

PAVIANI, N. M. S.; FONTANA, N. M. Oficinas Pedagógicas: relato de uma experiência. Conjectura, v. 14, n. 2, p. 77-88, 2009. Disponível em: http://www.ucs.br/etc/revistas/index.php/conjectura/article/view/16/15. Acesso em: 26 jun. 2018.

SILVA, M. A. da.; FONSECA, S. G. Ensino de História Hoje: errâncias, conquistas e perdas. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 31, p. 13-33, 2010.

VERGARA, S. C. Estreitando relacionamentos na educação a distância. Cadernos EBAPE.BR, volume V, edição especial, p. 1-8, jan. 2007. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/cadernosebape/article/view/5427/4161. Acesso em: 26 jun. 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/1983-3652.11.3.176-191

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Texto Livre: Linguagem e Tecnologia
ISSN 1983-3652 (eletrônica)

Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais

Belo Horizonte - Minas Gerais (Brasil)

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.