O Letrado no setecentos mineiro: a formação do poeta

Reinaldo Martiniano Marques

Resumo


A partir da perspectiva de uma análise arqueológica do discurso poético do Setecentos mineiro, tendo como corpus a poesia de Cláudio Manuel da Costa e Tomás Antônio Gonzaga, este artigo analisa o agente de sua enunciação, evidenciando o percurso daformação do letrado e seus atributos -as práticas da escrita e da leitura -, formação e predicados que o habilitam a enunciar um discurso poético legitimado.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2317-2096.4.0.123-134

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 1996 Reinaldo Martiniano Marques



Aletria: Revista de Estudos de Literatura
ISSN 1679-3749 (impressa) / ISSN 2317-2096 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.