Aletria: Revista de Estudos de Literatura

Aletria: Revista de Estudos de Literatura é um periódico quadrimestral, com avaliação de pares, mantido pelo Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais (Brasil) desde 1993. Tem como missão fomentar a produção acadêmica sobre Estudos Literários e Culturais, permitindo a pesquisadores do Brasil e do exterior divulgarem suas pesquisas e contribuírem para o debate na área.

A revista Aletria aceita, em fluxo contínuo, artigos inéditos em sua especialidade: ensaios sobre estudos literários e culturais e resenhas e recensões críticas de obras literárias e de obras científicas na área de literatura e teoria literária.

Não se cobra dos autores pela publicação.

 ______

Aletria: Revista de Estudos de Literatura is a peer-reviewed quarterly journal, sponsored by the Graduate Program in Literary Studies of the School of Letters of the Federal University of Minas Gerais (Brazil) since 1993. It aims to promote scholarly production in the Literary and Cultural Studies area, allowing researchers from Brazil and abroad to share their research and contribute to the academic debate. 

Aletria continually receives unpliblished works in its field: essays on Literary and Cultural Studies and reviews of literary and cientific works in the field of Literature and Literature Theory.

Free of charge. 

Notícias

 

Chamada: Aletria v. 29, n.1 (2019) – Da palavra à cena – itinerários do teatro no Ocidente

 

Raymond Williams em Drama em cena (2010), importante estudo sobre os elementos constitutivos da dramaturgia em que aponta suas particularidades e relações travadas entre o texto e a encenação, destaca o seguinte: “o ato de escrever uma peça e o ato de representá-la são claramente distintos, assim como a experiência de ler uma peça e assistir a um espetáculo, embora a palavra drama seja igualmente significativa quando aplicada as duas” (WILLIAMS, 2010, p. 215). Na passagem, o pensador britânico explicita o caráter híbrido do campo teatral. A um só tempo, o universo teatral se serve da palavra enquanto matéria literária e do verbo encarnado nas encenações. Nesse sentido, o mundo do teatro constitui-se como uma área da arte marcada pela necessidade da diversidade artística. Entretanto, é sempre bom lembrar que nem toda representação teatral vai lançar mão de um texto escrito ou de uma obra fechada. Há encenações, como sabemos, que prescindem do uso da linguagem verbal. A despeito desse fato, na história do teatro ocidental pletoram exemplos da centralidade da palavra escrita que, ao ganhar corpo e voz por meio das encenações, amplia as possibilidades de pensar a existência e o mundo. O presente número da Aletria – Revista de Estudos de Literatura receberá artigos que tragam contribuições críticas para os estudos teatrais, seja pensando o aspecto literário do texto dramatúrgico e suas características, seja observando os variados aspectos da cena teatral a partir de reflexões e análises de espetáculos ou de elementos constituintes da cena em diferentes momentos históricos e contextos.

Organização: André Dias (UFF), Elen de Medeiros (UFMG)

Data limite para envio dos artigos: 1º de outubro de 2018.

*****

Call for papers: Aletria, v. 29, n.1 (2019): From Word to Scene – Intineraries of Theater in the West

Raymond Williams in Drama in Perfomance (2010), important study on the constituent elements of dramaturgy, in which it points out its particularities and relations between the text and the staging, highlights the following: “the act of write a play and the act of representing it are clearly distinct, as well as the experience of reading a play and attending a show, although the word drama is equally significant when applied to both.” (WILLIAMS, 2010, p. 215). In the passage, the British thinker explains the hybrid character of the theatrical field. At the same time, the theatrical universe uses the word as literary matter and verb embodied in the scenarios. In this sense, the world of theater is an area of art marked by the need for artistic diversity. However, is always good to remember that not every theatrical performance will use a written text or a closed work. There are scenarios, as we know, that dispense the use of verbal language. In spite of this fact, in the history of the western theater they plead examples of the centrality of the written word that, by gaining body and voice through the scenarios, broaden the possibilities of thinking about the existence and the world. This number of Aletria – Revista de Estudos de Literatura will receive articles that brings critical contributions to the theatrical studies, whether it is thinking of the literary aspect of dramaturgical text and its characteristics, or observing the multiple aspects of the theatrical scene from reflections and analyzes of spectacles or constituent elements of the scene at different historical moments and contexts.

Editors of the number: André Dias (UFF); Elen de Medeiros (UFMG)

Deadline for submissions: October 1st, 2018.

*****

Llamada: Aletria v. 29, n.1 (2019): De la palabra a la escena – itinerarios del teatro en el Occidente

Raymond Williams en Drama em cena (2010), importante estudio acerca de los elementos constitutivos de la dramaturgia, en que apunta sus particularidades y relaciones entre el texto y la escenificación, destaca lo siguiente: “el acto de escribir una obra y el acto de representarla son claramente distintos, así como la experiencia de leer una obra y ver un espectáculo, aunque la palabra drama sea igualmente significativa cuando es aplicada a los dos.” (WILLIAMS, 2010, p. 215). En el pasaje, el pensador británico explicita el carácter híbrido del campo teatral. Al mismo tiempo, el universo teatral se sirve de la palabra como materia literaria y del verbo encarnado en las escenificaciones. En este sentido, el mundo del teatro se constituye como un área del arte marcado por la necesidad de la diversidad artística. Sin embargo, es siempre bueno acordarse de que no toda representación teatral se va a utilizar de un texto escrito o de una obra cerrada. Hay escenificaciones, como sabemos, que prescinden del uso del lenguaje verbal. A pesar de este hecho, en la historia del teatro occidental abundan ejemplos de la centralidad de la palabra escrita que, al ganar cuerpo y voz a través de las escenificaciones, amplía las posibilidades de pensar la existencia y el mundo. El presente número de Aletria – Revista de Estudos de Literatura recibirá artículos que traigan contribuciones críticas para los estudios teatrales, sea pensando el aspecto literario del texto dramatúrgico y sus características, sea observando los variados aspectos de la escena teatral a partir de reflexiones y análisis de espectáculos o de elementos constituyentes de la escena en diferentes momentos históricos y contextos.

Organización: André Dias (UFF); Elen de Medeiros (UFMG)

Fecha límite para envío de los artículos: 1 de octubre de 2018.

 
Publicado: 2018-05-02
 

Estatísticas: Estatísticas

 
Confira as estatísticas de acesso à revista Aletria.  
Publicado: 2014-11-28 Mais...
 

Indexação: Indexações

 
Confira as bases nacionais e internacionais em que a revista Aletria está indexada.  
Publicado: 2014-11-28 Mais...
 
Outras notícias...