A Intersecção de Narrativas na Versão Hollywoodiana de O Beijo da Mulher Aranha

Anelise Reich Corseuil

Resumo


No filme hollywoodiano O Beijo da Mulher Aranha, de Hector Babenco, adaptação da obra homônima de Manuel Puig, a organização do discurso narrativo com elementos como temporalidade, focalização e voz -e suas recorrências no filme -levam a platéia a compreender um dos principais temasdofilme: ainter-relaçãoentreomundorealeficcional dos personagens. Este trabalho analisa, nofilme de Babenco, o entrelaçamento de diferentes narrativas: o discurso linear e histórico de Valentin é seccionado pelo relato de Molina, de velhosfilmes, onde imagens de suas vidas e de seus desejos se conjugam.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2317-2096.5.0.205-218

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 1997 Anelise Reich Corseuil



Aletria: Revista de Estudos de Literatura
ISSN 1679-3749 (impressa) / ISSN 2317-2096 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.