O corpo no teatro

Luis Alberto Brandão Santos

Resumo


Resumo: O teatro exige a presença de corpos. É necessário, no entanto, repensar a concepção de que o corpo, numa encenação, subordina-se à imagem, ou seja, a seu caráter explícito de representação; é necessário levar em conta que o contato de corpos no espaço cena-platéia não visa apenas a veicular uma convenção ficcional: há, no teatro, um excesso de corpo que transvaza da ficção. A relação entre ator e personagem é necessária – o teatro só existe através de um pacto ficcional –, mas não é suficiente – a significação do corpo do ator não se esgota no fato de ser personagem. Como pensar, então, as relações entre as camadas de signos que agem no espaço teatral? Como se dá a semiose que torna possível uma ficção gerada pelo contato de corpos?

Palavras-chave: corpo; semiótica; teatro.

Abstract: Theater requires the presence of bodies. However, it’s necessary to check the conception that body, in staging, is subordinated to image, to its explicit feature of representation; it’s necessary to take into account that the contact of bodies in stage-audience space doesn’t just intend to transmit a fictional convention: in theater, there is an excess cífbody that draws off fiction. The relationship between actor and character is necessary – theater only exists through a fictional pact –, but it's not sufficient the meaning of the actor’s body is not limited to its being character. How to think the relationships between the layers of signs that actuate in theatrical space? How is the semiosis that makes a fiction created by the contact of bodies possible?

Keywords: body; semiosis; theater.


Palavras-chave


corpo; semiótica; teatro; body; semiosis; theater.

Texto completo:

PDF

Referências


ARTAUD, Antonin. O teatro e seu duplo. Trad. Teixeira Coelho. São Paulo: Max Limonad, 1984.

BARTHES, Roland. Roland Barthes por Roland Barthes. Trad. Leyla Perrone-Moisés. São Paulo: Cultrix, 1987.

BERGSON, Henri. Matéria e memória. Trad. Paulo Neves da Silva. São Paulo: Martins Fontes, 1990.

ECO, Umberto. Parâmetros da semiologia teatral. In: HELBO, André (org.). Semiologia da representação. São Paulo: Cultrix, 1980.

MERLEAU-PONTY, Maurice. O olho e o espírito. In: ______. Textos selecionados. Trad. Marilena Chauí. São Paulo: Abril Cultural, 1980. Coleção Os Pensadores.

PEIRCE, Charles Sanders. Semiótica. Trad. Teixeira Coelho. São Paulo: Perspectiva, 1987.

PLAZA, Julie. Tradução intersemiótica. São Paulo: Perspectiva, 1987.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2317-2096.7.0.279-285

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2000 Luis Alberto Brandão Santos



Aletria: Revista de Estudos de Literatura
ISSN 1679-3749 (impressa) / ISSN 2317-2096 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.