Considerações sobre a Relação de Gênero em Bom-Crioulo

Luiz Morando

Resumo


Este trabalho busca observar as relações de gênero e poder entre as personagens da narrativa Bom-crioulo, de Adolfo Caminha. Tais referências levarão em conta o projeto médicohigiênico oitocentista e sua interface com a poética naturalista, tomando como eixo de discussão a forma como a homossexualidade é representada no texto. Para tentar examinar essa proposta, verificaremos os elementos constitutivos da formação de uma trindade sexual, de caráter familiar e zoomórfico, presente na criação dos personagens protagonistas e no conflito representado.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2317-2096.9.0.126-134

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2002 Luiz Morando



Aletria: Revista de Estudos de Literatura
ISSN 1679-3749 (impressa) / ISSN 2317-2096 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.