Literatura e psicanálise: corte e sutura

Ruth Silviano Brandão

Resumo


Resumo: A escrita como travessia no corpo da linguagem e no corpo do sujeito falante, a partir das metáforas cirúrgicas do corte e da sutura.

Palavras-chave: escrita; travessia; corpo.

Résumé: L’écriture comme traversée dans le corps du langage et dans le corps du sujet parlant, suivant les métaphores chirurgicales de la coupe et de la suture.

Mots-clés: écriture; traversée; corps.


Palavras-chave


escrita; travessia; corpo; écriture; traversée; corps.

Texto completo:

PDF

Referências


DERRIDA, Jacques; BERGSTEIN, Lena. Enlouquecer o subjétil. São Paulo: Unesp, 1998.

LIMA, Celso Rennó. Uma história...uma análise...uma passagem...(inédito).

REY, Jean-Michel. Le tableau et la page. Paris: L’Harmattan, 1997.

REY, Jean-Michel. O nascimento da poesia. Antonin Artaud. Trad. Ruth Silviano Brandão. Belo Horizonte: Autêntica, 2002.

VALÉRY, Paul. Oeuvres. Paris: Gallimard, 1957.

VIDAL, Eduardo. Psicanálise em intensão e em extensão. Revista da Escola da Letra Freudiana. Documentos para uma escola, Rio de Janeiro, n. 3. p. 46-47, 2001.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2317-2096.12.0.49-53

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2005 Ruth Silviano Brandão



Aletria: Revista de Estudos de Literatura
ISSN 1679-3749 (impressa) / ISSN 2317-2096 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.