Francisco de Paula Meneses: discursos de 1848 a 1853

Roberto Acízelo de Souza

Resumo


Resumo: Francisco de Paula Meneses (1811-1857), médico e professor de retórica e poética no Colégio Pedro II, foi um dos primeiros mestres a lecionar literatura brasileira, nas décadas de 1840 e 1850. Os discursos ora reproduzidos foram pronunciados por ocasião das solenidades de colação de grau dos bacharéis de 1848 e 1853. No primeiro, defende concepções românticas então na ordem do dia, sobretudo a natureza institucional da literatura e seu vínculo constitutivo com as sociedades nacionais, propondo-se demonstrar genericamente “a influência das letras sobre o estado moral e social de um povo”. No segundo, empreende a defesa do que chama “método histórico” – de preferência ao “dogmático” – no ensino das literaturas modernas em geral e da nossa em particular, o que lhe fornece ocasião para considerações crítico-historiográficas sobre escritores brasileiros da época colonial, com relevo para Cláudio Manuel da Costa, Basílio da Gama e Santa Rita Durão.

Palavras-chave: História da Literatura Brasileira; Ensino de Literatura Brasileira; Francisco de Paula Meneses.

Abstract: Francisco de Paula Meneses (1811-1857), medicine doctor and professor of rhetoric and poetics at Colégio Pedro II, was a pioneer in teaching Brazilian literature, in the decades of 1840 and 1850. The discourses now reproduced were pronounced in the time of the solemnities of bachelors’ graduation in 1848 and 1853. In the former, he supports romantic conceptions that were then considered the order of the day, mainly literature institutional character and its constitutive link to national societies, intending to generally demonstrate “the influence of letters over the moral and social state of a people”. In the latter, he undertakes the defence of what he calls “historic method” – preferable to the “dogmatic” one – in the teaching of modern literatures in general and in ours in particular. This fact allows him to make critical and historiographic considerations about Brazilian writers of the colonial period, stressing Cláudio Manuel da Costa, Basílio da Gama and Santa Rita Durão.

Keywords: Brazilian Literature History; Brazilian Literature Teaching; Francisco de Paula Meneses.


Palavras-chave


História da Literatura Brasileira; Ensino de Literatura Brasileira; Francisco de Paula Meneses; Brazilian Literature History; Brazilian Literature Teaching.

Texto completo:

PDF

Referências


BLAKE, Augusto Victorino Alves Sacramento. Dicionário bibliográfico brasileiro. Rio de Janeiro: Imprensa Nacional, 1895. v. 3.

DÓRIA, Escragnolle. Memória histórica comemorativa do 1º centenário do Colégio de Pedro II (2 de dezembro de 1837 – 2 de dezembro de 1937). Rio de Janeiro: Ministério da Educação, [1937].

LE CLERC, J. Vict. Nova retórica; traduzida e acomodada para o ensino da mocidade brasileira pelo Dr. Francisco de Paula Meneses. Rio de Janeiro: Tipografia Nacional, 1856.

MACHADO, Ubiratan. A vida literária no Brasil durante o romantismo. Rio de Janeiro: Eduerj, 2001.

PARANHOS, Haroldo. História do romantismo no Brasil. São Paulo: Ed. Cultura Brasileira, 1937. 2v.

ROMERO, Sílvio. História da literatura brasileira. Rio de Janeiro: José Olympio, 1954 [1888]. v. 5.

SILVA, Joaquim Norberto de Sousa. História da literatura brasileira; e outros ensaios. Rio de Janeiro: Zé Mário Ed. / Fundação Biblioteca Nacional, 2002.

SOUZA, Roberto Acízelo de. O império da eloqüência; retórica e poética no Brasil oitocentista. Rio de Janeiro: Eduerj; Niterói: Eduff, 1999.

VERÍSSIMO, José. História da literatura brasileira. Rio de Janeiro: José Olympio, 1969 [1916].




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2317-2096.13.1.7-32

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2005 Roberto Acízelo de Souza



Aletria: Revista de Estudos de Literatura
ISSN 1679-3749 (impressa) / ISSN 2317-2096 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.