Jogos de linguagem e memória na bipartilha de partes da África

André Luis Mitidieri Pereira

Resumo


Resumo: Este ensaio destina-se à análise do romance Partes de África, de autoria do crítico, poeta, professor e romancista afro-português Helder Macedo, dando ênfase à estrutura híbrida da referida obra literária e ao conceito de “metonímia da presença”, conforme defendido pelo estudioso indo-britânico Homi Bhabha.

Palavras-chave: Helder Macedo; Homi Bhabha; narrativa portuguesa.

Resúmen: Este ensayo se destina a analisar la novela Partes de África, cuja autoria pertenece al crítico, poeta, profesor y novelista afro- portugues Helder Macedo, enfatizando la estrutura híbrida de referida obra literária y el concepto de “metonímia de la presencia”, según lo defende el estudioso indo-británico Homi Bhabha.

Palabras-clave: Helder Macedo; Homi Bhabha; narrativa portuguesa.


Palavras-chave


Helder Macedo; Homi Bhabha; narrativa portuguesa.

Texto completo:

PDF

Referências


BAKHTIN, Mikhail. A cultura popular da Idade média e do renascimento: o contexto de François Rabelais. Traduzido por Yara Frateschi Vieira. São Paulo: Hucitec, 1996.

BHABHA, Homi K. O local da cultura. Traduzido por Myriam Ávila, Eliana Loureiro de Lima Reis e Gláucia Renate Gonçalves. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2003. Tradução de: The Location of Culture.

BORDINI, Maria da Glória; REMÉDIOS, Maria Luíza Ritzel; ZILBERMAN, Regina (Orgs). Crítica do tempo presente: estudo, difusão e ensino de literaturas de língua portuguesa. Porto Alegre: Associação Internacional de Lusitanistas/Instituto Estadual do Livro, 2005.

HALL, Stuart. Quem precisa da identidade? In: SILVA, Tomaz Tadeu da (Org.). Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. 3. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2000. p. 103-33.

LEJEUNE, Philippe. Le pacte autobiographique. Paris: Seuil, 1980.

LEJEUNE, Philippe. Le pacte autobiographique (bis). Poétique, Paris, n. 56, p. 417-433, nov. 1983.

MACEDO, Helder. Partes de África. Lisboa: Presença, 1991.

MOISÉS, Massaud. A literatura portuguesa. São Paulo: Cultrix, 1978.

PADILHA, Laura Cavalcante. A sedução de um caderno de mapas. Mimeo.

REMÉDIOS, Maria Luíza Ritzel. O empreendimento autobiográfico: Josué Guimarães e Erico Veríssimo. In: ZILBERMAN, Regina et al. As pedras e o arco: fontes primárias, teoria e história da literatura. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2003. p. 278-344.

SAID, Edward. Cultura e imperialismo. Traduzido por Denise Bootman. São Paulo: Companhia das Letras, 1995. Tradução de: Culture and Imperialism.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2317-2096.13.1.133-143

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2005 André Luis Mitidieri Pereira



Aletria: Revista de Estudos de Literatura
ISSN 1679-3749 (impressa) / ISSN 2317-2096 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.