Mil Homeros e mais um: Borges e a literatura grega

Tereza Virgínia Ribeiro Barbosa

Resumo


Resumo: O artigo trata de uma leitura pessoal e “classicista” de algumas conferências de Jorge Luis Borges e do conto Tlön, Uqbar, Orbis Tertius. Pretendemos mostrar a importância dos poemas homéricos para uma nova direção interpretativa. Examinamos passagens do texto e propomos quatro analogias genéricas: Ashe/Schliemann; Uqbar/Baruch/Spinoza; Tlön/Troia e, finalmente, a obra de Thomas Browne, Urn burial (1893), e o último canto da Ilíada de Homero.

Palavras-chave: Borges; metáfora; analogia; história; ficção; literatura grega; Tlön; Troia.

Abstract: This paper deals with a particular reading – a classicist’s point of view – of some Jorge Luis Borges’ conferences about literature and of the tale Tlön, Uqbar, orbis tertius. We intend to show the importance of the Homeric poems for a new direction of interpretation. We examine passages in the text and propose four general analogies: Ashe/Schliemann; Uqbar/ Baruch/Spinoza; Tlön/Troia and the Thomas Browne’s Urn burial (1893) and last book of the Iliad of Homer.

Keywords: Borges; metaphor; analogy; history; fiction; Greek literature; Tlön; Troy.


Palavras-chave


Borges; metáfora; analogia; história; ficção; literatura grega; Tlön; Troia; metaphor; analogy; history; fiction; Greek literature; Troy.

Texto completo:

PDF

Referências


ANÔNIMO. Bíblia. Tradução Ecumênica da edição francesa (Paris, 1988) sob a direção de Gabriel Galache. São Paulo: Edições Loyola, 1994.

BORGES, Jorge Luis. Esse ofício do verso. Trad. José Marcos Macedo. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

BORGES, Jorge Luis. Ficções. Trad. Davi Arrigucci Jr. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

BORGES, Jorge Luis. O fazedor. Trad. Josely Vianna Baptista. São Paulo: Companhia das Letras, 2008a.

BORGES, Jorge Luis. Discussão. Trad. Josely Vianna Baptista. São Paulo: Companhia das Letras, 2008b.

BROWNE, Thomas, Urn burial, 1893. Disponível em: http://www.archive.org/details/ hydriotaphiaurnb00browrich. Acesso em: nov. 2008.

CASASAYAS, Alberto Ribas. Formas Alternativas del Lenguaje y del pensamiento em Tlön, uqbar, orbis tertius, de Jorge Luis Borges. Epos. XIV, 1998, p.321-337.

COSTA, Walter Carlos. Borges e o uso da história. In: ____. Fragmentos. v. 28. 2005. Disponível em: http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/fragmentos/issue/view/745. Acesso em: nov. 2008.

DICKINSON, Oliver. The Face of Agamemnon. Hesperia, 74, p. 299-306, 2005.

ECO, Umberto. A abdução em Uqbar. In: ______. Sobre os espelhos e outros ensaios. Trad. Beatriz Borges. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1989. p. 155-165.

HOMERO. Odisseia. W. B. Stanford (ed. e comm.) London: St. Martin Press, 1987.

JAHN, Jurgen. A Self-Motivated and Self-Directed Second Language Learner: Heinrich Schliemann. The Modern Language Journal, v. l., 63, n. 5/6, p. 273-276, 1979.

KOESTLER, Arthur. A verdade da Imaginação. Trad. Wamberto H. Ferreira. Diógenes, n. 1. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1981. p. 35-42.

MACIEL, Maria Esther; MARQUES, Reinaldo. Borges em dez textos. Belo Horizonte: Curso de Pós-Graduação em Estudos Literários-Fale-UFMG, 1997.

PINTO, Júlio Pimentel. Borges, itinerários da crítica: irrealismo, leituras, história. In: Fragmentos. v. 28. 2005. Disponível em: http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/ fragmentos/issue/view/745. Acesso em: nov. 2008.

RAMOS, Arturo Garcia. Jorge Luis Borges: la mimésis de la nada. Anales de Literatura Hispanoamericana, n. 28, p. 659-680, 1999.

SANTOS FILHO, Andrelino Ferreira dos. Spinoza e Borges na penumbra dos cristais. In: CORNELSEN, E.; NASCIMENTO, L. Estudos judaicos: ensaios de literatura e cinema. Belo Horizonte: Faculdade de Letras, 2005. p. 29-38.

THOMAS, C. G. (Review) Myth, Scandal, and History: The Heinrich Schliemann Controversy and a First Edition of the Mycenaean Diary by William M. Calder III and David A. Traill. The American Historical Review, v. l. 92, n. 4, p. 946-946, 1987.

TURNER, Frank, M. Finding the Walls of Troy: Frank Calvert and Heinrich Schliemann at Hisarlik by Susan Heuck Allen. The Journal of Modern History, v. 72, n. 3, p. 771-773, 2000.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2317-2096.17.1.129-137

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Tereza Virgínia Ribeiro Barbosa



Aletria: Revista de Estudos de Literatura
ISSN 1679-3749 (impressa) / ISSN 2317-2096 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.