As pelejas dos deuses olímpicos longe, longe nos campos gerais

Claudia Campos Soares

Resumo


Resumo: Este trabalho dá continuidade a um estudo, publicado em 2008, que investigou as fontes gregas em “Campo geral”, primeira novela de Corpo de baile, de Guimarães Rosa. Naquela ocasião buscou-se demonstrar como Guimarães Rosa trabalhou na construção daquele universo ficcional e dos personagens que desempenham papel decisivo nos acontecimentos que o agitam, a partir de concepções míticas, em geral, e gregas antigas, em particular. Prosseguindo na mesma linha de interpretação, este trabalho estende a investigação a uma figura periférica, mas que desempenha uma função importante na novela. Trata-se de Vovó Izidra, personagem que, como se espera demonstrar aqui, melhor se revela em suas relações com outras duas, cada uma a seu modo, suas oponentes: Nhanina, a mãe de Miguilim, protagonista da estória, e Mãitina, velha negra, agregada imemorial da família. Quando observadas em conjunto, essas personagens parecem representar forças cósmicas – ou deuses – que se confrontam.

Palavras-Chave: Guimarães Rosa; “Campo geral”; fontes gregas antigas.

Abstract: This work is the sequel to a study published in 2008 that looked into the Greek sources in “Campo geral”, the first novella in Corpo de baile, by Guimarães Rosa. That paper aimed to show how Rosa, stemming from mythical conceptions, particularly from ancient Greece, constructed the fictional universe of the novella and the characters that play a vital role in it Following the same line of reasoning, this article broadens the investigation now focusing on a peripheral character named Vovó Izidra, who performs a key function in the story. She is the one character that best reveals herself in her relations with two other ones – her opponents – each one in her own way: Nhanina, the mother of Miguilim, the protagonist of the story, and Mãitina, an old black lady who has been in the family since immemorial times. Taken as a whole, these characters seem to represent cosmic powers – or gods – in confrontation with one another.

Keywords: Guimarães Rosa; “Campo geral”; Ancient Greek Sources.


Palavras-chave


Guimarães Rosa; “Campo geral”; fontes gregas antigas; Ancient Greek Sources.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Carlos Drummond. Poesia e prosa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1979. 1534 p.

ARRIGUCCI Jr., Davi. Romance e experiência em Guimarães Rosa. São Paulo: Novos Estudos CEBRAP, v. 40, p. 7-29, nov. 1994.

BIZZARRI, Edoardo. João Guimarães Rosa: correspondência (com seu tradutor italiano). 2. ed. São Paulo: T. A. Queiróz, Instituto Cultural Ítalo-Brasileiro, 1981. 147 p.

BRANDÃO, Junito de Souza. Tragédia e comédia. 10. ed. Petrópolis: Vozes, 2007. 114 p.

BURKERT, Walter. Religião grega na época clássica e arcaica. Trad. M. J. Simões Loureiro. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1993. 638 p.

ELIADE, Mircea. Tratado de história das religiões. 2. ed. Trad. Fernando Tomaz e Natália Nunes. São Paulo: Martins Fontes, 1998. 479 p.

FRYE, Northrop. Anatomia da critica. Trad. Péricles Eugênio da Silva Ramos. São Paulo: Cultrix, 1973. 262 p.

FRYE, Northrop. Fábulas de identidade: estudos de mitologia poética. Trad. Sandra Vasconcelos. São Paulo: Nova Alexandria, 2000. 288 p.

GIRARD, Genet. A violência e o sagrado. Trad. Martha Conceição Gambini. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1990. 410 p.

GRIMAL, Pierre. Dicionário da mitologia grega e romana. Trad. Victor Jabouille. 4. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2000. 556 p.

LEITE. Dante Moreira. Campo geral. In: ______. Psicologia e literatura. 4. ed. São Paulo: UNESP/ Hucitec, 1987. p. 178-198.

NUNES, Benedito. Guimarães Rosa. In: . O dorso do tigre. 2. ed. São Paulo: Perspectiva, 1976. p. 142-210.

RONCARI, Luiz. O Brasil de Rosa: mito e história no universo rosiano – o amor e o poder. São Paulo: UNESP, 2004. 348 p.

RONCARI, Luiz. Cinco teses sobre Guimarães Rosa. Scripta. Belo Horizonte: PUC Minas, v. 2, n. 3, p. 243-248, 2º sem. 1998.

ROSA, João Guimarães. Ficção completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1994. 2.v. 991 e 1.191 p.

SOARES, Claudia Campos. Tensões no corpo fechado do Mutum. In: BASTOS, Alcmeno et al. Estudos de Literatura Brasileira. Belo Horizonte: FALE/UFMG, 2008a. p. 133-162.

VERNANT, Jean-Pierre. A morte nos olhos: figuração do outro na Grécia Antiga. Trad. Clóvis Marques. 2. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1991. 120 p.

VERNANT, Jean-Pierre. As origens do pensamento grego. Trad. Ísis Borges B. da Fonseca. 12. ed. Rio de Janeiro: Difel, 2002. 143 p.

VERNANT, Jean-Pierre. Entre mito e política. Trad. Cristina Murachco. São Paulo: EDUSP, 2001. 517 p.

VERNANT, Jean-Pierre. Mito e pensamento entre os gregos: estudos de psicologia histórica. Trad. Haiganuch Sarian. São Paulo: DIFEL / EDUSP, 1973. 322 p.

VERNANT, Jean-Pierre. Mito e religião na Grécia Antiga. Trad. Joana Angélica D’Ávila Melo. São Paulo: Martins Fontes, 2006. 93 p.

VERNANT, Jean-Pierre. Mito e sociedade na Grécia Antiga. Trad. Myriam Campello. 2. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1999. 221 p.

VERNANT, Jean-Pierre; VIDAL-NAQUET, Pierre. Mito e tragédia na Grécia Antiga. Vários tradutores. São Paulo: Perspectiva, 1999. 376 p.

WISNIK, José Miguel. São Paulo Rio. São Paulo: Maianga, 2000. 1CD. Acompanha livreto.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2317-2096.19.4.81-95

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2009 Claudia Campos Soares



Aletria: Revista de Estudos de Literatura
ISSN 1679-3749 (impressa) / ISSN 2317-2096 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.