Superastro: um dispositivo de observação e reflexão teórica da performance? / Superstar: A Device of Observation and Theoretical Reflection of Performance?

Aline Magalhães Pinto

Resumo


Resumo: O texto busca considerar criticamente a noção de superastro, presente no livro Uma Literatura nos Trópicos, de Silviano Santiago (1972), entendendo-a como um operador interpretativo que pode tornar possível um exercício de teorização no horizonte conceitual e fenomênico aberto pela performatividade e pelo modo temporal que a perpassa: a presença. A questão levantada é se a exuberante figura do superastro pode servir como dispositivo de observação e reflexão teórica da performance.

Palavras-chave: performance; superastro; Silviano Santiago; presença; teoria da literatura.

Abstract: The text seeks to critically address the notion of superstar, present in the book A Literature in the Tropics by Silviano Santiago (1972), understanding it as an interpretative operator that can become an exercise of theorizing on the conceptual and phenomenal horizon opened by performativity and by the temporal mode that runs through it: the presence. The question is whether the lush figure of the superstar can serve as a device for observation and theoretical reflection of performance.

Keywords: performance; superstar; Silviano Santiago; presence; theory of literature.


Palavras-chave


performance; superastro; Silviano Santiago; presença; teoria da literatura; performance; superstar; Silviano Santiago; presence; theory of literature.

Texto completo:

PDF

Referências


CAVALCANTI, Maria Laura Viveiros de Castro. Drama, Ritual e performance em Victor Turner. Sociol. Antropol. Rio de Janeiro, v. 3, n. 6, p. 411-440, Dec. 2013. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2238-38752013000600411&lng=en&nrm=iso. Access on 08 Sept. 2019. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/2238-38752013v363.

COELHO, Frederico. Eu, brasileiro, confesso minha culpa e meu pecado: cultura marginal no Brasil nas décadas de 1960 e 1970. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.

DERRIDA, J. Economimesis. Mimesis des articulations. Paris: Ed. Aubier-Flammarion, 1975.

BUENO, André. Pássaro de Fogo no terceiro mundo: o poeta Torquato Neto e sua época. Rio de Janeiro: 7Letras, 2005.

GUMBRECHT, H. U. Produção de presença: o que o sentido não consegue transmitir. Tradução de Soares. Rio de Janeiro: Contraponto; Ed. PUC-Rio, 2010

LACAPRA, Dominick. Rethinking Intellectual History: Texts, Contexts, Language. Ithaca: 1983, p.36-71.

MELLO, J.M. O capitalismo tardio. São Paulo: Brasiliense, 1982.

PINTO, A. M.; VALINHAS, M. L. O. Historicidade, retórica e ficção: interlocuções com a historiografia de Dominick LaCapra. Revista Rhêtorikê, v. 03, p. 1-18, jun. 2010.

ORTIZ, R. A moderna tradição brasileira – cultura brasileira e indústria cultural. São Paulo: Brasiliense, 1988.

SANTIAGO, Silviano. Uma literatura nos trópicos: ensaios sobre dependência cultural. Rio de Janeiro: Rocco, 1978.

SANTIAGO, Silviano. O cosmopolitismo do pobre: crítica literária e crítica cultural. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2004. 252 p.

SANTIAGO, Silviano. Ora (direis) puxar conversa! 1. Ed. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2006.

SEIXAS, R. COELHO, P. Eu também vou reclamar. UMG, 1976 Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=a0pHi0jMdOk Acesso em:

SÜSSEKIND, Flora. Coro, contrários, massa: a experiência tropicalista e o Brasil de fins dos anos 60. In: BASSUALDO, Carlos (Org.). Tropicália: uma revolução na cultura brasileira (1967-1972). São Paulo: Cosac Naify, 2007. p. 31-58.

VELOSO, C. Superbacana. Polygram, 1967 (remasterizada 2006). Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=K5iIJjRx4rM. Acesso em:

TURNER, Victor; Bruner, Edward. The anthropology of performance. New York, PAJ Publications, 1987.

TURNER, Victor. On the edge of the bush: Anthropology as experience. Tucson: Arizona University Press, 1985.

ZUMTHOR, P. Performance, recepção, leitura. Tradução: Jerusa Pires Ferreira e Suely Fenerich. São Paulo: UBU, 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2317-2096.30.1.189-203

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Aline Magalhães Pinto

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Aletria: Revista de Estudos de Literatura
ISSN 1679-3749 (impressa) / ISSN 2317-2096 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.