Convivência conflitiva / Conflictive Coexistence

Wander Melo Miranda

Resumo


Resumo: Abordagem da obra de Silviano Santiago como ficção teórica mediante a perspectiva do entre-lugar, que busca descondicionar o leitor e o escritor, torná-los aptos a intervir livremente na tradição literária, submetida à desconstrução, que se manifesta enquanto pharmacon, desvelador das estruturas de dominação presentes nas oposições remédio/veneno, bem/mal, dentro/fora, palavra/escritura. Busca-se destacar, ainda, a natureza experimental dos textos ensaísticos ou ficcionais, em constante remissão mútua e mútua significação pelo deslizamento incessante do significante intra e intertextual.

Palavras-chave: desconstrução; entre-lugar; escritura; ficção teórica.

Abstract: Appraisal of Silviano Santiago’s work as a literary fiction by an in-between perspective that aims to dismantle both reader and writer. Thus making them able to freely intervene in a literary tradition that had already undergone deconstruction and manifests itself as pharmacon, unraveling the dominant structures embedded in antagonisms such as medicine/poison, good/evil, inside/out, word/w. The present work also aims to highlight the experimental nature of both essay and fiction, in mutual and constant remission of sense given the non-stop slide regarding intra and intertextual significance.

Keywords: deconstruction; in-between; writing; theoretical fiction.


Palavras-chave


desconstrução; entre-lugar; escritura; ficção teórica; deconstruction; in-between; writing; theoretical fiction.

Texto completo:

PDF

Referências


LORENZ, Günter W. Guimarães Rosa. São Paulo: E.P.U., 1973.

ROSA, João Guimarães. Grande sertão: veredas. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2001.

SANTIAGO, Silviano. As raízes e o labirinto da América Latina. Rio de Janeiro: Rocco, 2006.

SANTIAGO, Silviano. Carlos Drummond de Andrade. Petrópolis: Vozes, 1976.

SANTIAGO, Silviano. Em liberdade. Rio de Janeiro: Paz e terra, 1981.

SANTIAGO, Silviano. Genealogia da ferocidade. Recife: CEPE, 2018.

SANTIAGO, Silviano. Histórias mal contadas. Rio de Janeiro: Rocco, 2005.

SANTIAGO, Silviano. Mil rosas roubadas. São Paulo: Companhia das Letras, 2014.

SANTIAGO, Silviano. Nas malhas da letra. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

SANTIAGO, Silviano. O banquete. São Paulo: Ática, 1977.

SANTIAGO, Silviano. O falso mentiroso. Rio de Janeiro: Rocco, 2004.

SANTIAGO, Silviano. Uma história de família. Rio de Janeiro: Rocco, 1992.

SANTIAGO, Silviano. Uma literatura nos trópicos. São Paulo: Perspectiva, 1978.

SANTIAGO, Silviano. Vale quanto pesa. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.

SANTIAGO, Silviano. Viagem ao México. Rio de Janeiro: Rocco, 1995.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2317-2096.30.1.17-29

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Wander Melo Miranda

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Aletria: Revista de Estudos de Literatura
ISSN 1679-3749 (impressa) / ISSN 2317-2096 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.