Da embriaguez trágica e do mundo como invenção na crônica “Flamengo sessentão”, de Nelson Rodrigues / The Tragic Inebriety and the World as Invention in the Chronicle “Flamengo Sessentão”, by Nelson Rodrigues

João Batista Santiago Sobrinho

Resumo


Resumo: Este estudo aproxima o texto trágico de Nelson Rodrigues do poeta-filósofo alemão Nietzsche, por intermédio da crônica “Flamengo sessentão”. Para tanto, constatamos duas formas de embriaguez no texto rodriguiano, as quais são legitimadoras do universo trágico nietzschiano, a embriaguez da excitação sexual e a embriaguez da guerra.

Palavras-chave: trágico; futebol; embriaguez.

Abstract: This work brings Nelson Rodrigues’s tragic texts closer to those of the German poet/philosopher Nietzsche by means of the chronicle “Flamengo sessentão”. To achieve this goal, we ascertain two kinds of inebriety in the Rodriguian textsthat legitimate the tragic universe: that of sexual arousal and that of war.

Keywords: tragic; football; inebriety.


Palavras-chave


trágico; futebol; embriaguez; tragic; football; inebriety.

Texto completo:

PDF

Referências


ARALDI, Clademir Luís. Niilismo, criação, aniquilamento: Nietzsche e a filosofia dos extremos. São Paulo: Editora Unijuf, 2004.

CASTRO, Ruy. O anjo pornográfico. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

CAVALCANTI, Anna Hartmann. Símbolo e alegoria: a gênese da concepção de linguagem em Nietzsche. São Paulo: Anablume, 2005.

DELEUZE, Gilles. Nietzsche. Lisboa: Edições 70, 2001.

GRIMAL, Pierre. Dicionário da mitologia grega e romana. Trad. Victor Jabouille. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2000.

KIRK, S. G.; RAVEN, E. J.; SCHOUFIELD, M. Os filósofos pré-socráticos. Coimbra: Fundação Calouste Gulbenkian, 1994.

NABAIS, Bruno. Metafísica do trágico. Lisboa: Relógio d’Água, 1997.

NIETZSCHE, Friedrich. Assim falou Zaratustra. São Paulo: Círculo do Livro, [s.d.].

NIETZSCHE, Friedrich. A visão dionisíaca do mundo. Trad. Marcos Sinésio Pereira Fernandes, Maria Cristina dos Santos de Souza. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

NIIETZSCHE, Friedrich. Escritos sobre a história. Tradução apresentação e notas Noeli Correia de Melo Sobrinho. Rio de Janeiro: Loyola, 2005.

NIETZSCHE, Friedrich. Nietzsche contra Wagner. Trad. Paulo César Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

NIETZSCHE, Friedrich. Ecce homo: como alguém se torna o que é. Trad. Paulo César Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

NIETZSCHE, Friedrich. Crepúsculo dos ídolos. Trad. Artur Mourão. Lisboa: Edições 70, 1988.

NOGUEIRA, Armando. In: RODRIGUES. À sombra das chuteiras imortais: crônicas de futebol. São Paulo: Companhia das Letras, 1993. Paratexto: orelha.

RODRIGUES, Nelson. Teatro completo I: peças psicológicas. Org. e introdução de Sábato Magaldi. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1981.

RODRIGUES, Nelson. À sombra das chuteiras imortais: crônicas de futebol. São Paulo: Companhia das Letras, 1993.

RODRIGUES, Nelson. O óbvio ululante: primeiras confissões. São Paulo: Companhia das Letras, 1993.

SANTIAGO SOBRINHO, João Batista. Mundanos fabulistas. Belo Horizonte: Crisálida, 2011.

SILVA, Marcelino Rodrigues da. O mundo do futebol nas crônicas de Nelson Rodrigues. Em Tese, Belo Horizonte, v. 2, p. 105-113, 1998.

SUAREZ, Rosana. Nietzsche comediante: a filosofia na ótica irreverente de Nietzsche. Rio de Janeiro: Sete Letras, 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2317-2096.22.2.101-112

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2012 João Batista Santiago Sobrinho



Aletria: Revista de Estudos de Literatura
ISSN 1679-3749 (impressa) / ISSN 2317-2096 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.