A tradução comentada sui generis de títulos de John Ruskin feitas por Marcel Proust / The Sui Generis Commented Translations of John Ruskin’s Work Made by Marcel Proust

Luciana Persice Nogueira

Resumo


Resumo: Marcel Proust, antes de ser o autor da A la Recherche du Temps Perdu (1913-1927), foi tradutor de dois títulos de John Ruskin: La Bible d’Amiens (1904) e de Sésame et les Lys (1906). Apesar dos parcos conhecimentos da língua inglesa, conseguiu participar ativamente do cenário intelectual da época ao divulgar textos do britânico polêmico, rivalizar com outros tradutores consagrados, e atrair atenção para os seus muitos comentários sobre o texto e sobre o autor, em prefácios, notas de rodapé e posfácios, em ambas as traduções. Mais do que reescrever, em francês, o texto original, ele escreveu suas próprias teses apoiadas nas do britânico – impondo a sua leitura de Ruskin aos leitores, e travando um diálogo entre o texto de Ruskin e o seu próprio, do qual o leitor da época é testemunha.

Palavras-chave: tradução comentada; ensaio; crítica.

Abstract: Before being the author of Rembrance of Things Past, Marcel Proust was the translator of two of John Ruskin’s titles: Our Fathers Have Told Us / La Bible d’Amiens (1904) and Sesame and Lilies / Sésame et les Lys (1906). Despite his lack of knowledge of the English language, he managed to take active part in the intellectual milieu of the time, when he divulged some of this polemic Englishman’s texts, rivaled with other consecrated translators, and called the attention upon his innumerable comments on the texts and their author, in prefaces, footnotes and afterwords, in both translations. More than just rewriting, into French, the original text, he wrote his own theses supported on the author’s theses – imposing his reading of Ruskin upon his readers, and establishing a dialogue between Ruskin’s text and his own, of which the reader is the witness.

Keywords: commented translation, essay, criticism.


Palavras-chave


commented translation, essay, criticism.

Texto completo:

PDF

Referências


BENJAMIN. Walter. La tâche du traducteur. In: ______. Oeuvres I. Paris: Gallimard, 2000. p. 244-262.

BIZUB, Edward. La Venise intérieure. Proust et la poétique de la traduction. Neuchâtel: La Baconnière, 1991.

LEMAÎTRE. De l’influence récente des Littératures du Nord. In: BIZUB, La Venise intérieure. Proust et la poétique de la traduction. Neuchâtel: La Baconnière, 1991. p. 44.

NOGUEIRA, Luciana Persice. Tradução, leitura e a pátina do tempo. Proust e uma visão de Ruskin. Ensaio pós-doutoral. Rio de Janeiro: Banco de teses da UFRJ, 2011. 82 fls.

PROUST, Marcel. Le Temps Retrouvé. Paris: Gallimard, 1994.

PROUST, Marcel. Correspondance I-XXI. Organização de Philip Kolb. Paris: Plon, 1976-1990.

RUSKIN, John. La Bible d’Amiens. Tradução de Marcel Proust. Livre Electronique de Project Gutenberg. Canadá, 1904. Disponível em: www.gutenberg.ca/.../proustrusk.../proustrusk.../proustrusk-amiens-00. Acesso em: 10 nov. 2015.

RUSKIN, John. Sésame et les Lys. Tradução de Marcel Proust. Livre Electronique de Project Gutenberg. Canadá, 1906. Disponível em: www.gutenberg.ca/.../proustruskin-sesamelys/proustruskin-sesamelys-00. Acesso em: 10 nov. 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2317-2096.25.2.123-137

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Luciana Persice Nogueira



Aletria: Revista de Estudos de Literatura
ISSN 1679-3749 (impressa) / ISSN 2317-2096 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.