Uma relação ambivalente: os neo-realistas e Pessoa

Fernando J. B. Martinho

Resumo


Este artigo trata da relação complexa, ambivalente de fascínio e incompreensão dos neo-realistas com Pessoa e com a tradição modernista, de que em todo o caso fazem parte. A ambivalência dessa relação traduz-se na criação poética dos neo-realistas mas também no pensamento crítico que vários deles desenvolveram e em alguns poucos casos acabaram revendo com a maturidade.


Palavras-chave


Modernismo e neo-realismo; Fernando Pessoa; versilibrismo; influência.

Texto completo:

PDF

Referências


COCHOFEL, J. J. 46º Aniversário. Lisboa: Portugália Editora, 1966.

COCHOFEL, J. J. O bispo de pedra. Lisboa: Iniciativas Editoriais, 1975.

COCHOFEL, J. J. Sol de Agosto. Edição facsimilada do vol. do “Novo Cancioneiro”. Lisboa: althum.com, 2010.

DIONÍSIO, M. Poesia incompleta. 2. ed. com a reedição integral de Poemas. Mem Martins: Europa-América, 1982.

DIONÍSIO, M. Terceira idade. Mem Martins: Europa-América, 1982.

DIONÍSIO, M. Autobiografia. Lisboa: O Jornal, 1987.

FEIJÓ, Á. Os poemas de Álvaro Feijó. edição facsimilada do vol. do “Novo Cancioneiro”. Lisboa: althum.com, 2010.

FERREIRA, J. G. A memória das palavras ou o gosto de falar de mim. Lisboa: Portugália Editora, 1965.

FERREIRA, J. G. Poeta militante. Lisboa: Moraes Editores, 1977. 1º. v.

FERREIRA, V. Uma esplanada sobre o mar. Lisboa: Difel, 1986.

FONSECA, M. Poemas completos. Pref. de Mário Dionísio. Lisboa: Portugália Editora, 1969.

LOURENÇO, E. Sentido e forma da poesia neo-Realista. Lisboa: Ulisseia, 1968.

MARTINHO, F.J.B. Pessoa e a moderna poesia portuguesa – do “Orpheu” a 1960. Lisboa: Instituto de Cultura e Língua Portuguesa, 1983.

MARTINHO, F.J.B. Uma proposta de leitura de Terceira idade, de Mário Dionísio. Cadernos de literatura, Coimbra, n. 22, p. 29-39, 1985.

MARTINHO, F.J.B. Verbete sobre José Gomes Ferrreira. In: MACHADO, Á. M. (Org. e Dir.). Dicionário de literatura portuguesa. Lisboa: Presença, 1996. p. 187-188.

NAMORA, F. Marketing. Mem Martins: Europa-América, 1969.

NAMORADO, J. Aviso à navegação. Edição facsimilada do vol. do “Novo Cancioneiro”. Lisboa: althum.com, 2010.

OLIVEIRA, C. de O aprendiz de feiticeiro. Lisboa: Dom Quixote, 1971.

ORPHEU. Edição facsimilada. 2. ed. Intr. de Fernando Cabral Martins. Lisboa: Contexto, 1994.

PADRÃO, M. da G. Fernando Pessoa e Vergílio Ferreira: I – O Neo-Realismo contra a Presença e Casais Monteiro. Persona, Porto, n. 5, p. 39-50, abr. 1981.

PADRÃO, M. da G. Fernando Pessoa e Vergílio Ferreira: II – O Neutro e a Contemporaneidade. Persona, Porto, n. 6, p. 27-32, out. 1981.

PESSOA, F. Obra Poética. 7. ed. Org., intr. e notas de Maria Aliete Galhoz. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1977.

PESSOA, F. Poemas de Ricardo Reis. Ed. de Luiz Fagundes Duarte. Edição Crítica. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1994.

PESSOA, F. Poesia de Alberto Caeiro. Ed. Fernando Cabral Martins e Richard Zenith. Lisboa: Assírio & Alvim, 2001.

PESSOA, F. Poesia de Álvaro de Campos. Ed. Teresa Rita Lopes. Lisboa: Assírio & Alvim, 2002.

RODRIGUES, A. Obra Poética. Lisboa: Sociedade de Expansão Cultural, 1972. v. 6.

RODRIGUES, A. Um Poeta Recorda-se. Lisboa: Edições Cosmos, 1997.

SANTOS, P. G. dos. A Voz que Escuta. Edição facsimilada do vol. do “Novo Cancioneiro”. Lisboa: althum.com, 2010.

TORRES, A. P. O Movimento Neo-Realista em Portugal na sua primeira fase. Lisboa: Instituto de Cultura e Língua Portuguesa, 1977.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2359-0076.37.57.57-77

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista do Centro de Estudos Portugueses
ISSN 1676-515X (impressa) / ISSN 2359-0076 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

.