A Revolução Russa e a Emancipação dos Judeus: reflexos na literatura

Saul Kirschbaum

Resumo


A luta pela Emancipação mobilizou as massas judaicas europeias ao longo de todo o século XIX e começo do século XX. Na Rússia, essa luta convergiu com a convulsão social que mobilizou toda a população e encontrou sua expressão máxima nas revoluções de 1917, que resultaram na queda do regime tzarista e na implantação da União Soviética. No processo, os judeus criaram o Bund, entidade representativa dos trabalhadores, com visão de mundo socialista, e que teve papel de destaque na criação do Partido Operário Social Democrata, depois Partido Comunista. Paradoxalmente, os judeus continuaram sujeitos ao secular antissemitismo russo, mesmo depois do sucesso da Revolução. O envolvimento com a atividade revolucionária e as expectativas relativas à situação que poderia resultar do novo regime encontraram espaço na literatura produzida na época por escritores judeus.

Palavras-chave


Literatura Judaica. Emancipação dos judeus. Revolução Russa.

Texto completo:

PDF

Referências


ALEKSIÉVITCH, Svetlana. A guerra não tem rosto de mulher. Trad. Cecília Rosas. São Paulo: Companhia das Letras, 2016.

BÁBEL, Isaac. O exército de cavalaria. Trad. Aurora Fornoni Bernardini e Homero Freitas de Andrade. São Paulo: Cosac Naify, 2006.

EBAN, Abba. My people: The story of the Jews. New York: Behrman House, Random House, 1968.

EHRENBURG, Ilya. O segundo dia da Criação. Trad. Alfredo Ferreita. Rio de Janeiro: Edições Bloch, 1974.

ETTINGER, Shmuel. The Modern Period. In: BEN-SASSON, Haim Hillel (Org.). A History of the Jewish People. Trad. George Weidenfeld and Nicolson Ltd. Cambridge: Harvard University Press, 1997.

GUINSBURG, Jacó (Org.). O judeu e a modernidade. São Paulo, Perspectiva, 1970.

JOHNSON, Paul. A History of the Jews. New York: Harper Collins Publishers, 1988.

KIRSCHBAUM, Saul. A Revolução de Outubro e a Questão Nacional Judaica. In: COGGIOLA, Osvaldo; ZAGNI, Rodrigo M. (Org.). Revolução Russa: uma jovem de 90 anos [1917-2007]. São Paulo: FFLCH/USP, 2009.

LÉVINAS, Emmanuel. Da existência ao existente. Trad. Paul Albert Simon. Campinas: Papirus, 1998.

MARGULIES, Marcos. Os judeus na história da Rússia. Rio de Janeiro: Edições Bloch, 1971.

ROSENFELD, Anatol et al (Org.). Entre dois mundos. São Paulo: Perspectiva, 1967.

SHAPIRO, Lamed. Halá Branco. In: GUINSBURG, Jacó (Org.). O conto ídiche. São Paulo: Perspectiva, 1966. p. 177-187.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/1982-3053.11.21.229-243

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




© Copyright 2007 Arquivo Maaravi: Revista Digital de Estudos Judaicos da UFMG - ISSN: 1982-3053.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.