Do sentido ao valor: relações teóricas entre a Semântica de Michel Bréal e o Estruturalismo de Ferdinand de Saussure

Cristiane Dall'Cortivo-Lebler

Abstract


Resumo: Desde o ano de1916, com a publicação do Curso de Lingüística geral, os rumos dos estudos acerca da linguagem humana ganharam uma nova perspectiva graças à exposição do pensamento de Ferdinand de Saussure pelos seus discípulos. Alguns anos antes, em 1897, entretanto, outra obra fundamental, mas pouco conhecida e debatida, foi lançada ao público: o Ensaio de Semântica, de Michel Bréal. O presente trabalho traça um paralelo entre alguns conceitos apresentados nas obras Curso de Linguística geral e Escritos de Lingüística geral, atribuídas a Ferdinand de Saussure, e o Ensaio de Semântica, de Michel Bréal, a fim de verificar em que medida é possível estabelecer relações entre os teóricos. A hipótese apresentada é de que o compartilhamento de ideias entre os linguistas, em Paris, bem como o momento histórico em que ambos desenvolveram suas pesquisas foram decisivos para a formulação de suas teorias acerca da linguagem.

Palavras-chave: Ferdinand de Saussure; Michel Bréal; história das ideias linguísticas.

Abstract: The Course in General Linguistics written by Charles Bally and Albert Sechehaye was published in 1916 and, since then, studies about human language have gained a new perspective due to Ferdinand de Saussure’s thoughts spread by his followers. However, some years earlier, in 1897, another important work, but lesser known and debated, was launched to the public: the Semantic Essay, by Michel Bréal. This paper aims to provide a parallel between some concepts presented in Course in General Linguistics and Writings of General Linguistics, works attributed to Ferdinand de Saussure, and the Semantic Essay, written by Michel Bréal, in order to verify in what extent it is possible to establish relationships between the theorists. The hypothesis is that the ideas shared between the linguists, in Paris, as well as the historical moment in which both developed their researches were decisive for the formulation of their theories about language.

Keywords: Ferdinand de Saussure; Michel Bréal; History of linguistic ideas.


Keywords


Ferdinand de Saussure; Michel Bréal; History of linguistic ideas.

References


AARSLEFF, Hans. Bréal, la sémantique et Saussure. Histoire Épistémologie Langage. De la grammaire à la linguistique, Paris, t. 3, fasc. 2, p. 115-133, 1981. DOI: 10.3406/hel.1981.1077.

ARRIVÉ, Michel. Em busca de Ferdinand de Saussure. São Paulo: Parábola, 2010.

BOUISSAC, Paul. Saussure: um guia para perplexos. Petrópolis: Vozes, 2012.

BRÉAL, Ensaio de Semântica. São Paulo: Fontes/Educ,1992.

CÂMARA Jr., Joaquim M. Princípios de Linguística Geral. Rio de Janeiro: Livraria acadêmica, 1969.

CÂMARA JR., Joaquim M. História da Linguística. Petrópolis: Vozes, 1975.

DALL CORTIVO-LEBLER, Cristiane. A teoria da argumentação na língua e sua relação com Platão, Saussure e Benveniste: breve discussão epistemológica. Filologia e Linguística Portuguesa, São Paulo, v. 16, n. 2, p. 331-364, jul./dez. 2014.

DEPECKER, Loïc. Compreender Saussure a partir dos manuscritos. Petrópolis: Vozes, 2012.

DUCROT, Oswald. Logique, structure, énonciation. Paris: Minuit, 1989.

GODEL, Robert. Les sources manuscrites du Cours de Linguistique Générale de Ferdinand de Saussure. Genève: Libraire Droz, 1969.

GUIMARÃES, Eduardo. A linguística é uma ciência histórica? In: BRÉAL, Michel. Ensaio de semântica. São Paulo: EDUC, 1992.

LYONS, John. Introdução à linguística teórica. São Paulo: Ed. Nacional: Ed. Universidade de São Paulo, 1979.

PICKERING, William. A influência de Darwin na teoria linguística como um prelúdio às abordagens “evolucionárias” no século 21. In: BERNARDO, Sandra; AUGUSTO, Marina R. A.; VASCONCELLOS, Zinda. Linguagem: teoria, análise e aplicações (6). Rio de Janeiro: Programa de Pós-Graduação em Letras, 2011.

SAUSSURE, Ferdinand de. Écrits de Linguistique Générale. Paris: Gallimard, 2002.

SAUSSURE, Ferdinand de. Curso de Linguística Geral. São Paulo: Cultrix, 2006.

SEIDE, Márcia Sipavicius. A semântica de Michel Bréal: recontextualização, fortuna crítica e aplicação. 2006. Tese (Doutorado em Letras) - FFLCH-USP, São Paulo, 2006.

SEIDE, Márcia S. A Semântica de Michel Bréal: uma abordagem baseada no uso. Cadernos do IL, Porto Alegre, n. 44, p. 97-116, jun. 2012.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2237-2083.25.4.1965-1987

Refbacks

  • There are currently no refbacks.
';



Copyright (c) REVISTA DE ESTUDOS DA LINGUAGEM

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

e - ISSN 2237-2083 

License

Licensed through  Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional    

Image result for fapemig

Grant #APL-00427-17 (2018-2019)