Análise comparativa da argumentação no discurso prévio à campanha eleitoral de Aécio Neves e Dilma Rousseff

Beatriz dos Santos Clemente Machado, Mônica Santos de Souza Melo

Abstract


No contexto atual, o discurso político volta-se para a busca de uma troca social visando à demonstração da capacidade do político de dizer e fazer. Para isso, o político engaja-se num projeto de construção da imagem de si, e nota-se um grande trabalho por parte dele para fazer reconhecer-se socialmente por meio de um ethos de honestidade e de credibilidade relacionado ao empreendedorismo, ao trabalho e ao sucesso. Com o intuito de realizar um estudo comparativo da argumentação e da busca pelo ethos nos discursos prévios à campanha eleitoral de Aécio Neves e de Dilma Rousseff no ano de 2014, esta pesquisa propõe compreender como a imagem de si mesmo se projeta no discurso político durante o processo de enunciação e permite a coconstrução de uma identidade por meio do discurso. Este artigo se baseia na Teoria Semiolinguística de Charaudeau (2004, 2005, 2006, 2012a, 2012b) por meio dos Modos de Organização do Discurso e suas concepções sobre o discurso político. Busca-se, dessa maneira, a partir de artigos de Aécio Neves publicados no portal Folha e entrevistas de Dilma Rousseff concedidas ao programa Café com a Presidenta, disponíveis on-line, analisar a estruturação do processo de semiotização da linguagem, verificando-se as estratégias adotadas para a constituição do ethos argumentativo vinculado aos imaginários sociodiscursivos associados aos futuros candidatos. Este estudo pretende, assim, elucidar algumas questões que envolvem o discurso político, como os espaços de estratégias e de restrições do contrato de comunicação e os papéis sociais dos participantes dessa forma particular de enunciação.


Keywords


Análise do Discurso; aspectos políticos; Semiolinguística

References


ARISTÓTELES. A política. São Paulo: Folha de S. Paulo, 2010. (Coleção Folha: livros que mudaram o mundo, v. 11).

CHARAUDEAU, P. Uma teoria dos sujeitos da linguagem. In: MARI, H. et alii. Análise do discurso: fundamentos e práticas. Belo Horizonte: UFMG, 2001. p. 23-38.

CHARAUDEAU, P. Visadas discursivas, gêneros situacionais e construção textual. In: MACHADO, I. L.; MELLO, R (Org.). Gêneros: reflexões em análise do discurso. Belo Horizonte, NAD/FALE-UFMG, 2004. p. 13-42.

CHARAUDEAU, P. Uma análise semiolinguística do texto e do discurso. In: PAULIUKONIS, M. A. L.; GAVAZZI, S. (Org.). Da língua ao discurso: reflexões para o ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2005. p. 11-27. Disponível em: http://www.patrick-charaudeau.com/Uma-analise-semiolinguistica-do.html. Acesso em: 1 jun. 2013.

CHARAUDEAU, P. Discurso político. Trad. Fabiana Komesu e Dilson Ferreira da Cruz. São Paulo: Contexto, 2006.

CHARAUDEAU, P. Linguagem e discurso: modos de organização. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2012a.

CHARAUDEAU, P. Discurso das mídias. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2012b.

MACHADO, I. L. Uma teoria de análise do discurso: a semiolinguística. In: MARI et alii. (Org.). Análise do discurso: fundamentos e práticas. Belo Horizonte: Núcleo de Análise do Discurso, FALE/UFMG, 2001. p. 39-62.

MACHADO, I. L. Algumas reflexões sobre a teoria semiolinguística. Revista Letras&Letras, Uberlândia, v. 22, n. 2, p. 13-21, jul.-dez. 2006. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/letraseletras/article/view/25229/14044. Acesso em: 3 abr. 2014.

MACHADO, I. L. Teoria e discursos transgressivos. Revista Estudos da Linguagem, Belo Horizonte, v. 15, n. 1, p. 109-128, jan.-jun., 2007. Disponível em: http://relin.letras.ufmg.br/revista/english/upload/07-Ida-Lucia.pdf. Acesso em 3 abr. 2014.

MELO, M. S. S. Pressupostos de uma teoria psicossocial do discurso: a semiolinguística. In: GOMES, M. C. A.; MELO, M.S.S.; CATALDI, C. (Ed.). Gênero discursivo, mídia e identidade. Viçosa: Ed. UFV, 2007. p. 105-114.

MENDES, P. H. A. Sobre o contrato de comunicação: do discurso ao debate político eleitoral. In: MARI, H. et alii. (Org.). Análise do discurso: fundamentos e práticas. Belo Horizonte: Núcleo de Análise do Discurso, FALE/UFMG, 2001. p. 313-346.

PERELMAN, C.; OLBRECHTS-TYTECA, L. Tratado de argumentação. Trad. Maria Ermantina de Almeida Prado Galvão. 2.ed. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

SOUZA, W. E. Retórica, argumentação e discurso. In: MARI, H. et alii. (Org.). Análise do discurso: fundamentos e práticas. Belo Horizonte: Núcleo de Análise do Discurso, FALE/UFMG, 2001. p. 156-199.

VALE, R. P. G. Intencionalidade, finalidades e visadas na análise do discurso humorístico. DLCV, UFPB, v. 11, n. 1, 2014, p. 137-161.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2237-2083.25.4.2227-2256

Refbacks

  • There are currently no refbacks.
';



Copyright (c) 2017 REVISTA DE ESTUDOS DA LINGUAGEM

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

e - ISSN 2237-2083 

License

Licensed through  Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional