Tradição e memória: um estudo antroponímico dos nomes de logradouros da cidade de Ponte Nova – Minas Gerais / Tradition and memory: an anthroponymic study of the names of the city of Ponte Nova – Minas Gerais

Glauciane Santos Faria

Abstract


Resumo: O homem usa do léxico para exprimir suas ideias e sentimentos e para exprimir seu universo. Partindo desse princípio, esta pesquisa teve como objetivo apresentar uma nova proposta de classificação para a taxe dos antropotopônimos, contribuindo, assim, com a memória cultural da cidade de Ponte Nova (MG) por meio da investigação da Toponímia urbana. Adotaram-se como princípios teóricometodológicos, recomendações da Toponímia e de disciplinas afins, com ênfase no modelo de classificação taxionômica de Dick (1990). Esta pesquisa insere-se no Projeto ATEMIG – Atlas Toponímico do Estado de Minas Gerais, sediado na Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais (FALE/UFMG). Esse projeto caracteriza-se como um estudo dos nomes de lugares que abrangem todo o território mineiro. Seguindo uma metodologia comum, usada por diferentes pesquisadores, em vários estados, o Projeto ATEMIG adota o “método das áreas” ou dialetológico, utilizado por Dauzat (1926), e as categorias taxionômicas que representam os principais padrões motivadores dos topônimos no Brasil, sugeridas por Dick (1990). O corpus constituiu-se dos 410 antropotopônimos presentes no total de logradouros urbanos da cidade de Ponte Nova – Minas Gerais e foram analisados e organizados de acordo com a data em que foram criados, com a mudança de nomenclatura, com o gênero que representam, com a diferença gráfica entre os nomes grafados nas placas e os oficiais apresentados nas leis e decretos.

Palavras-chave: léxico; Toponímia; Antroponímia; Ponte Nova; Minas Gerais.

Abstract: Human kind uses the lexicon to express its ideas and feelings, to express its universe. Based on this principle, this research had as objective to present a new classification proposal for the taxon of anthropotoponyms, thus contributing to the cultural memory of the city of Ponte Nova (MG) through the investigation of urban Toponymy. As theoretical-methodological principles, recommendations from Toponymy and related disciplines were adopted, with emphasis on the taxonomic classification model of Dick (1990). This research is part of the ATEMIG Project – Toponymic Atlas of the State of Minas Gerais, headquartered at the Faculdade de Letras at Universidade Federal de Minas Gerais (FALE/UFMG). This project is characterized as a study of the names of places that cover the entire territory of Minas Gerais. According to a common methodology used by different researchers in several states, the ATEMIG Project adopts the “area method” or dialectological method used by Dauzat (1926) and the taxonomic categories that represent the main motivational patterns of toponyms in Brazil, suggested by Dick (1990). The corpus for this research consisted of the 410 anthropotoponyms present in the urban addresses in the city of Ponte Nova – Minas Gerais. They were analyzed and organized according to: the date they were created, the changes of nomenclature, the gender they represent, the graphical difference between the names written on the plates and the officers presented in laws and decrees.

Keywords: lexicon; Toponymy; Anthroponymy; Ponte Nova; Minas Gerais.


Keywords


lexicon; Toponymy; Anthroponymy; Ponte Nova; Minas Gerais.

References


AMARAL, E. T. R. Contribuições para uma tipologia de antropônimos do português brasileiro. Alfa Revista de Linguística, São Paulo, v. 55,

n. 1, p. 63-82, 2011.

BIDERMAN, M. T. C. As ciências do léxico. In: OLIVEIRA, Ana Maria Pinto Pires de; ISQUERDO, Aparecida Negri (Org.). As ciências do léxico: lexicologia, lexicografia, terminologia. Campo Grande (MS): Editora da UFMS, 2001.

BIDERMAN, M. T. C. Dimensões da palavra. Filologia e Linguística Portuguesa, São Paulo, Humanitas, FFLCH/USP, n. 2, p. 81-118, 1998.

CARVALHO, A. P. M. A. Hagiotoponímia em Minas Gerais. 2014. 823f. Tese (Doutorado em Estudos Linguísticos) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2014.

DAUZAT, A. Les noms de lieux. Paris: Delagrave,1926.

DICK, M. V. P. A. A motivação toponímica e a realidade brasileira. São Paulo: Governo do Estado de São Paulo; Edições Arquivo do Estado, 1990.

FILGUEIRAS, Z. F. A presença italiana em nomes de ruas de Belo Horizonte: passado e presente. 2011. 349f. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguísticos) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2011.

Google.com.br/maps/@-20.4133632,-42.9046524,18z. Acesso em: 8 fev. 2017.

ISQUERDO, A. N.; OLIVEIRA, A. M. P. P. (Org.). As ciências do léxico: lexicologia, lexicografia e terminologia. 2. ed. Campo Grande: Editora da UFMS, 2001. v.1.

MATORÉ, G. La méthode en lexicologie. Domaine français. Paris: Didier, 1953.

MIRANDA, Marcos Paulo de Souza. Patrimônios culturais, nomes de lugares também devem ser preservados. Revista Consultor Jurídico [online], out. 2016. Disponível em: http://www.conjur.com.br/2016-out-08/ambiente-juridico-patrimonios-culturais-nomes-lugares-tambem-preservados. Acesso em: 15 jul. 2016.

RAMOS, R. T.; BASTOS, G. R.Onomástica e possibilidades de releitura da história. Revista Augustus, Rio de Janeiro, UNISUAM, ano 15, n. 30, p. 86-92, ago. 2010.

SANTOS, G. C. S. Tradição e memória: um estudo antroponímico dos nomes de logradouros da cidade de Ponte Nova – Minas Gerais. 2017. 686f. Tese (Doutorado em Estudos Linguísticos) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2017.

SAPIR, E. Selected writings of Edward Sapir. Berkeley: University of California Press, 1947.

SEABRA, M. C. T. C. de. A formação e a fixação da língua portuguesa em Minas Gerais: a toponímia da região do Carmo. 2004. 368f. Tese (Doutorado em Linguística) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2004.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2237-2083.26.3.1151-1174

Refbacks

  • There are currently no refbacks.
';



Copyright (c) 2018 GLAUCIANE SANTOS FARIA

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

e - ISSN 2237-2083 

License

Licensed through  Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional    

Image result for fapemig

Grant #APL-00427-17 (2018-2019)