Análise do Discurso no blog RadFem: ser mulher para além do corpo / RadFem blog’ Discourse Analysis: Being a Woman Beyond the Body

Rafael De Tilio, Paola Marques Del Nero

Abstract


Resumo: Sendo a internet um campo de disputas, há também, nesse sentido, espaço para os movimentos sociais. A popularização da internet permitiu a consolidação de redes de contatos que se constituíram como organizações políticas e grupos feministas. Valer-se das mídias sociovirtuais para fazer feminismo é, potencialmente, aproximar mais pessoas das discussões. Nos campos teórico e político, ao problematizar a categoria mulher (ou mulheres), perguntando quem são as mulheres, as feministas têm enfrentado o debate contemporâneo sobre identidade (e sujeito) de diferentes maneiras, sendo variadas, também, as posições teóricas e políticas. Sendo assim, o objetivo dessa pesquisa foi compreender os efeitos de sentidos produzidos sobre a categoria mulher e suas interlocuções no blog RadFem (feminismo radical), a partir da Análise do Discurso (AD) de Michel Pêcheux. Perante o que foi exposto na análise, faz-se possível elencar alguns efeitos de sentidos presentes no blog RadFem sustentados em discursos pautados em concepções binárias de perspectiva biológica e opressoras para caracterizar o que se entende por mulher. Assim, ressalta-se que a AD mostra-se como uma possibilidade de interpretação para a abordagem dos temas que relacionem sexualidade, gênero e Psicologia Social.

Palavras-chave: análise do discurso; feminismo radical; blog; mulher.

Abstract: Word Wide Web is a field of disputes and a space for social movements. The popularization of the internet allowed the consolidation of networks that constituted themselves as political organizations, alike the feminist groups. Feminism by virtual sexual networks (as internet) potentially bringing people closer to the discussions. In the theoretical and political fields, by questioning the category of woman (or women) – asking who are women feminists have faced the contemporary debate on identity (and subject) in different ways, and theoretical and political positions have also varied. The objective of this research was to understand the effects of senses produced (discourses) on the woman category and their interlocutions in a blog post RadFem (radical feminism), from Michel Pêcheux’s Discourse Analysis (AD). It is possible to list some effects of senses present in the blog RadFem sustained in discourses: based on binary conceptions of biological perspective and oppressors to characterize what is meant by woman. Thus, it is emphasized that the AD is shown as a possibility of interpretation approach to sexuality, gender and Social Psychology.

Keywords: discourse analysis; radical feminism; blog; woman.


Keywords


discourse analysis; radical feminism; blog; woman; análise do discurso; feminismo radical; blog; mulher.

References


ABDO, C. H. N.; PEREIRA, C. M. A.; SPIZZIRRI, G. O termo gênero e suas contextualizações. Diagnóstico & Tratamento, São Paulo, v. 19, n. 1, p. 42-44, 2014.

ALVES, C. E. R. Mulheres cisgênero e mulheres transgênero: existe um modelo legítimo de mulher? In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL FAZENDO GÊNERO, 11; WOMENS’ WORLDS, 13th., 2017, Florianópolis. Anais... Florianópolis: UFSC, 2017.

ANJOS, K. P. L.; LIMA, M. L. C. Gênero, sexualidade e subjetividade: algumas questões incômodas para a psicologia. Psicologia em Pesquisa, Juiz de Fora, v. 10, n. 2, p.49-56, 2016.

BENTO, B. Sexualidade e experiências trans: do hospital à alcova. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 17, n. 10, p. 2655-2664, 2012.

BORGES, L. S. Feminismos, teoria queer e psicologia social crítica: (re)contando histórias. Psicologia Social, Belo Horizonte, v. 26, n. 2, p. 280-289, 2014. Doi: https://doi.org/10.1590/S0102-71822014000200005

BUTLER, J. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. São Paulo: Civilização Brasileira, 2012.

COELHO, M. P. Vozes que ecoam: Feminismo e mídias sociais. Pesquisas e Práticas Psicossociais, São João del Rei, v. 11, n. 1, p. 214-224, 2016.

DE TILIO, R. Teorias de gênero: principais contribuições teóricas oferecidas pelas perspectivas contemporâneas. Revista Gênero, Niterói, v. 2, n. 14, p. 125-148, 2014.

GOMES, A. M. T. Do discurso às formações ideológica e imaginária: análise de discurso segundo Pêcheux e Orlandi. Revista Enfermagem UERJ, Rio de Janeiro, v. 15, n. 4, p. 555-562, 2007.

HENNING, C. E. Interseccionalidade e pensamento feminista: as contribuições históricas e os debates contemporâneos acerca do entrelaçamento de marcadores sociais da diferença. Mediações – Revista de Ciências Sociais, Londrina, v. 20, n. 2, p. 97-128, 2015.

LEITE, F. T. Metodologia científica: métodos e técnicas de pesquisa: monografias, dissertações, teses e livros. Aparecida: Idéias & Letras, 2008.

ORLANDI, E. P. Análise do discurso: princípios e procedimentos. Campinas: Pontes, 2007.

PÊCHEUX, M. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Campinas: Unicamp, 2014.

PÊCHEUX, M.; FUCHS, C. A propósito da análise automática do discurso: atualização e perspectivas. In: GADET, F.; HAK, T. (Org.). Por uma análise automática do discurso. Campinas: Unicamp, 1997. p. 163-252.

PINTO, C. R. J. Feminismo, história e poder. Revista Sociologia e Política, Curitiba, v. 18, n. 36, p. 15-23, 2010. Doi: https://doi.org/10.1590/S0104-44782010000200003

PRAUN, A.G. Sexualidade, gênero e suas relações de poder. Revista Húmus, São Luís, n.1, p.55-65, 2011.

RADFEM. Saindo do culto trans. 2015a. Disponível em: http://radfem.info/2015/05/. Acesso em: 08 maio 2018.

RADFEM. RADFAQ. 2015b. Disponível em: http://radfem.info/radfaq/. Acesso em: 08 maio 2018.

SANDENBERG, C. Estudos feministas: um esboço crítico. In: SIMPÓSIO CEARENSE DE ESTUDOS E PESQUISAS SOBRE A MULHER E RELAÇÕES DE GÊNERO, I, 2002, Fortaleza. Anais... Fortaleza: UFC, 2002.

SCOTT, J. W. Gênero: uma categoria útil de análise histórica. Educação & Realidade, v.20, n.2, p.72-89, 1995.

SILVA, C. G. Orientação sexual, identidades sexuais e identidade de gênero. [Apostila do Comitê Gestor Institucional de Formação Inicial e Continuada de Profissionais da Educação Básica Módulo 3 Sexualidade e Orientação Sexual]. São Paulo: COMFOR, 2015.

SIMILARWEB RadFem Info. 2018. Disponível em: https://www.similarweb.com/website/radfem.info. Acesso em: 05 jul. 2018.

ZIRBEL, I. Estudos feministas e estudos de gênero no Brasil: um debate. 2007. Dissertação (Mestrado) – Instituto de Sociologia Política, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis. 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2237-2083.27.1.401-422

Refbacks

  • There are currently no refbacks.
';



Copyright (c) 2018 Rafael De Tilio, Paola Marques Del Nero

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

e - ISSN 2237-2083 

License

Licensed through  Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional    

Image result for fapemig

Grant #APL-00427-17 (2018-2019)