Histórico do periódico

Em 1997 a revista Em Tese foi criada objetivando divulgar anualmente parte da produção discente do Programa de Pós-graduação Estudos Literários da Faculdade de Letras da UFMG. A revista apresentava, em formato impresso, ensaios relativos às teses e dissertações defendidas no ano anterior à publicação.

 

Em 2006, a Em Tese passou a ser divulgada somente no site do Programa: http://www.letras.ufmg.br/poslit/.

 

Em 2009, a Em Tese se reestruturou, passando a ser quadrimestral e incluindo as seções Dossiê e Resenha. Inaugura-se, assim, uma nova fase da revista, que, a partir desse momento se abriu aos pós-graduandos em Estudos Literários externos à UFMG.

 

Em 2013, a Em Tese passa a ser publicada segundo o Sistema de Editoração Eletrônica de Revista (SEER), baseado no Open Journal System, adotando um novo projeto gráfico e a abertura para publicação de doutores e mestres, além de pós-graduandos do exterior e de áreas correlatas aos Estudos Literários. O periódico pode contar com as seguintes seções: (1) Dossiê; (2) Ensino e Teoria; (3) Crítica literária e outras Artes e Mídias; (4) Tradução e Edição; (5) Em Tese (6) Entrevistas; (7) Resenhas e (8) Poéticas.