A Construção do Tempo da História e do Tempo da Ficção em Obras de Eça de Queirós e Fernando Pessoa

Fernando Ferreira da Cunha Neto

Resumo


Neste ensaio discutimos a construção ficcional do tempo em obras de Eça de Queirós e Fernando Pessoa, especialmente, em A ilustre casa de Ramires, do primeiro, e em  Mensagem, do segundo. Nossa principal assertiva é a da remanufaturação, na tessitura das obras, de um tempo que chamamos intraliterário.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17851/1982-0739.10.0.74-79

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Em Tese
ISSN 1415-594X (impressa) / ISSN 1982-0739 (eletrônica)


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.